Após ter vívido o trauma de disputar mais uma vez a Série B em 2014, o Vasco enxerga na Copa do Brasil a possibilidade de reencontrar o caminho das grandes conquistas. Um pequeno passo, ainda que tímido, foi dado na última quarta-feira (01), na capital do estado do Acre, quando a equipe carioca venceu o Rio Branco por 2 a 1. O resultado, porém, não foi suficiente para garantir a classificação antecipada para os vascaínos, que terão que encarar o jogo de volta, marcado para o dia 15 de abril.

A partida parecia que seria fácil para o Vasco, que precisou de pouco mais de um minuto para abrir o placar com Thalles, que aproveitou jogada de Bernardo.

Publicidade
Publicidade

O atacante, aliás, marcou seu primeiro gol na temporada. A vantagem, entretanto, não garantiu o controle da partida, como era de se esperar. Embora não levasse perigo diante de uma equipe muito frágil tecnicamente, o 'Gigante da Colina' só conseguiu ampliar o marcador aos 44 minutos do primeiro tempo, com Douglas Silva.

O panorama da partida não se alterou na etapa complementar. Enquanto o Rio Branco não conseguia levar perigo ao gol cruz-maltino, o Vasco parecia incapaz de se impor e definir a partida. A inoperância do ataque vascaíno custou caro: aos 35 minutos do segundo tempo, o volante Kinho acertou um belo chute e decretou a realização do jogo de volta (na Copa do Brasil, a vitória do visitante por dois gols de diferença no jogo de ida elimina a necessidade da realização do segundo jogo).

Publicidade

A partida foi assistida por um público pagante de pouco mais de 3.500 torcedores.

No Vasco, apesar da vitória, prevaleceu o clima de frustração. Conforme informações do Globo Esporte, em entrevista coletiva, o técnico Doriva lamentou o resultado, deixando claro que o objetivo dos vascaínos era eliminar a segunda partida. Resta ao clube voltar as atenções para o Campeonato Carioca, já que a equipe, quarta colocada na competição, volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Friburguense, na disputa por uma vaga na fase semifinal da Taça Guanabara. #Futebol