Em sua partida de número 100 na história da Copa Libertadores, o Corinthians atropelou o Danubio. A equipe comandada por Tite conseguiu venceu com sobras os uruguaios por 4 a 0 na noite desta quarta-feira (1º), na Arena #Corinthians, em São Paulo, com um grande atuação do atacante Guerrero.

Com o resultado, o alvinegro do Parque São Jorge alcançou sua quarta vitória consecutiva pelo Grupo 2, chegando ao 12 pontos e ficando bem próximo de conseguir sua classificação para as oitavas de final do continental. Além do Corinthians, somente o Boca Juniors conseguiu até aqui 100% de aproveitamento na fase de grupos, também com quatro vitórias em quatro partidas.

Publicidade
Publicidade

Ambos parecem caminhar para decidir qual será a melhor equipe da etapa classificatória, cujo maior pontuador terá a vantagem de decidir em casa os confrontos eliminatórios.

Show de Guerreiro no centésimo jogo

Jadson cobrou a falta com perfeição e abriu o placar aos 26 minutos do primeiro. Sete minutos depois, Elias recebeu passe de Jadson, avançou pela direita e cruzou na segunda trave para Guerrero, livre de marcação, cabecear para o fundo da meta de Torgnascioli.

Logo aos 20 segundos da etapa complementar, Emerson recebeu na área pela esquerda e cruzou na medida para Guerrero segunda trave, e o camisa 9 acertou um lindo voleio e ampliou o placar. Para fechar sua noite de gala, aos 24 minutos, o atacante peruano dividiu uma bola com um zagueiro uruguaio, após uma cobrança de falta de Jadson, e mandou para o fundo da rede.

Publicidade

A partida dessa quarta-feira também representa uma marca para a histórica corintiana na Libertadores. O Timão se tornou a oitava equipe do Brasil a completar 100 partidas pelo maior torneio continental das Américas. Em 12 participações na Libertadores (1977, 1991, 1996, 1999, 2000, 2003, 20006, 2010, 2011, 2012, 2013 e 2015), o Corinthians soma 55 vitórias, 22 empates e 23 derrotas, 181 gols marcados e 100 sofridos.

Com 15 gols, Luizão segue sendo o maior goleador do time, seguido de Marcelinho Carioca, com 11. Já o corintiano que mais vezes entrou em campo foi Ralf, com 38 partidas, três a mais que Danilo, o segundo colocado.

De olho nos mata-matas

Com mais duas partidas por jogar, o alvinegro do Parque São Jorge receberá o San Lorenzo na Arena Corinthians, no dia 16 (quinta-feira), e encerrará sua participação na chave contra o São Paulo no Estádio do Morumbi, no dia 22 (quarta-feira).

Por sua vez, o Danubio segue sem pontuar e com uma das piores campanhas do torneio, ao lado do Zamora.

Publicidade

Praticamente sem chances de classificação para a próxima fase, os uruguaios pegam o Tricolor em Montevidéu, no dia 15 (quarta-feira), e depois viajam a Buenos Aires para encarar o time do Papa Francisco, no dia 22 (quarta-feira). #Futebol

Mais cedo, o San Lorenzo venceu o São Paulo, no Estádio Nuevo Gasomentro, em Buenos Aires, e manteve as esperanças de classificação. O gol da vitória foi marcado por Cauteruccio, aos 25 minutos do segundo tempo, após uma linda jogada individual. O resultado deixa a equipe argentina com 6 pontos, a mesma pontuação do Tricolor, que termina a rodada na segunda colocação por conta do saldo de gols mais favorável.