Entreguem a taça! É isso o que pede a torcida do Chelsea após a vitória de 1 a 0 sobre o Manchester United, neste sábado (18), no Stamford Bridge. A partida foi válida pela 33ª rodada da Premiere League 2014/15 (o Chelsea tem um jogo da 27ª rodada adiado). Com a vitória, o Chelsea abre dez pontos de vantagem para o vice-líder Arsenal, que joga na segunda-feira (20) contra o Sunderland. O Manchester United fica com 65 pontos, em terceiro, quatro pontos à frente do Manchester City, que joga neste domingo (19) contra o West Ham, em casa.

Na próxima rodada o Chelsea tem mais um confronto direto, desta vez contra o Arsenal, vice-líder.

Publicidade
Publicidade

O jogo acontece no Emirates Stadium no próximo domingo (26) às 12h (horário de Brasília). Caso vença o Arsenal, e na quarta-feira seguinte ganhe o jogo atrasado da 27ª rodada, contra o Leicester, o Chelsea garante o título Inglês de forma antecipada. O jogo contra o Leicester acontece no dia 29 de abril, no King Power Stadium, às 15h45. O Manchester United enfrenta o Everton na próxima rodada. O jogo acontece no Goodison Park no próximo domingo, às 9h (horário de Brasília).

O jogo

O Manchester United foi o time que tomou as iniciativas do jogo. Mesmo jogando fora de casa, o United controlou totalmente a posse de bola durante o primeiro tempo e aos 3 minutos, teve uma grande oportunidade de abrir o placar. Após passe de Shaw, Rooney finalizou e a bola passou muito perto do gol. O goleiro De Gea comemorou o gol mas logo viu que a bola não tinha entrado.

Publicidade

O Chelsea esperava por um contra ataque para poder abrir o placar e foi o que aconteceu aos 37 minutos, após Terry roubar a bola de Falcão Garcia no meio campo. O zagueiro passou a bola para Fábregas e o espanhol tocou para Oscar, que de calcanhar, deu uma bela assistência para Hazard. O belga invadiu a área e chutou para fazer 1 a 0 para o Chelsea. Festa dos Blues no Stamford Bridge. Falcão reclamou de falta no lance em que perdeu a bola para Terry.

Após o gol, o time comandado pelo português José Mourinho se fechou ainda mais e continuava apostando nos contra-ataque. Já no segundo tempo, em um desses contra-ataques, Matic lançou Drogba que dominou e chutou. De Gea fez a defesa e no rebote, Oscar mandou a bola na trave. O Manchester dominava, tinha cerca de 70% de posse de bola mas pouco finalizava. No lance mais perigoso do United, Falcão Garcia chutou na trave após passe de Shaw. Ao final da partida, o placar indicava 1 a 0 para o Chelsea e o time londrino cada vez mais perto do título. #Futebol