A lenda do MMA brasileiro, Rodrigo Minotauro, já tem data marcada para subir ao octagon novamente pelo UFC. O capitão da Team Nogueira irá lutar no Rio de Janeiro, pelo UFC 190, contra o gigante holandês, Stefan Struve, no que pode ser sua última disputada em solo nacional, dia 1º de agosto.

O duelo entre os dois lutadores que não atravessam boa fase terá como palco o HSCB Arena. Minota vem de duas derrotas. Primeiro perdeu para Fabrício Werdum por finalização, depois, na sua última luta em abril do ano passado, foi nocauteado pelo gordinho Roy Nelson já no primeiro round.

Struve está em uma situação também complicada.

Publicidade
Publicidade

O holandês perdeu para seu compatriota, Alistair Overeem, e Mark Hunt, ambos por nocaute, em suas duas últimas subidas ao ringue do UFC.

O veterano brasileiro de 38 anos já falou que está próximo de se aposentar. Uma boa vitória no Brasil, no templo do MMA que é o Rio e Janeiro, local onde Minotauro fez história no UFC Rio 1, em 2011, pode ser um belo palco de despedida. Naquele evento, Nogueira estava há um ano e meio parado e retornou com chave de ouro ao nocautear Brendan Schaulb.

Card em família

Outro motivo que pode gerar a aposentadoria do ídolo brasileiro é ter a oportunidade de em sua última subida ao ringue de forma oficial ter seu irmão, Rogério "Minotouro" Nogueira, no mesmo card em disputa. Seria um grande desfecho para os "brothers" Nogueira uma vitória dupla da família para encerrar a bela carreira vitoriosa de ambos lutadores.

Publicidade

Porém, não se pode esquecer que uma derrota para o gigante holandês de 2,13 pode gerar uma aposentadoria forçada pelo UFC.

Minotouro também vem de derrota em sua última subiada ao octagon. Ele foi derrotado por Anthony Johnson por nocaute técnico em julho do ano passado. Terá agora sua tão esperada revanche desde a época do Pride para reviver a histórica luta contra Maurício "Shogun" Rua.

O card do evento ainda terá como luta principal a disputa de cinturão do peso-galo feminino entre Ronda Rousey e a brasileira Bethe Correia.