Atlético de Madrid e Real Madrid entram em campo nesta terça feira (14), às 15:45h (horário de Brasília), no estádio Vicente Calderón, e reeditam o dérbi que, na última temporada, decidiu o campeão da Champions League. Na ocasião, o Real ficou com o título, o décimo de sua história, após ganhar na prorrogação por 4 a 1. O jogo ficou marcado pelo gol salvador de Sergio Ramos, aos 48 minutos do segundo tempo, quando o troféu já parecia garantido para os "Colchoneros". Dessa vez, o jogo é válido pela fase de quartas de final.

As duas equipes entram em campo com gostinho de revanche. Desde que conquistou "La Décima", o Real Madrid não venceu mais o rival local.

Publicidade
Publicidade

De lá para cá, já são 6 partidas. 4 vitórias do Atlético e 2 empates. No último encontro, também no Vicente Calderón, o Atlético aplicou sonoros 4 a 0. O técnico Carlo Ancelloti demonstrou não estar preocupado com estes números: o nosso sonho não é ganhar do Atlético, sonhamos em conquistar a '"Undecima" (11º troféu da Champions). Vamos jogar para vencer, mas sem obsessão, porque dois empates podem ser suficientes para avançar.

Já a torcida do Atlético de Madrid vê neste confronto a oportunidade ideal de se vingar da final da última temporada. Quando tudo se encaminhava para a conquista do primeiro título da Champions do Atlético, Sergio Ramos apareceu, aos 48 minutos da etapa final, e mandou os torcedores do Atlético do céu ao inferno. Apesar da clara diferença de elenco e orçamentos, com o ótimo retrospecto recente contra os "Galáticos", e por ser um mata-mata, o Atlético de Madrid vem forte para o confronto.

Publicidade

E foi exatamente sobre isso que o técnico da equipe, Diego Simeone, falou: sempre digo que em uma competição longa, a diferença de orçamento entre as duas equipes fica mais claro. Mas em um confronto de mata-mata, as coisas se equilibram. Comentou o Argentino.

O jogo da volta, no Santiago Bernabéu, está marcado para o dia 22 de abril, às 15:45. Quem passar espera pelo sorteio que definirá os confrontos das semifinais.

Caminho até as quartas

O Atlético de Madrid terminou a fase de grupos em primeiro no grupo A. Com 13 pontos (4 vitórias, 1 empate e 1 derrota), o time de Madrid ficou a frente de Juventus, Olympiacos e Malmo. Nas oitavas de final, passou pelo Bayer Leverkusen nos pênaltis, após perder de 1 a 0 na Alemanha e ganhar pelo mesmo placar na Espanha.

O Real Madrid foi o único time 100% na fase de grupos. Após vencer os 6 jogos que disputou, o Real terminou a frente de Basel, Liverpool e Ludogorets com 18 pontos ganhos. Na fase seguinte, o Real enfrentou o Schalke 04 e ganhou por 2 a 0 a primeira partida na Alemanha. No jogo de volta, no Santiago Bernabéu, o Schalke 04 venceu por 4 a 3 e quase eliminou o poderoso Real Madrid. Ficou no quase, mas ficou evidente a frustração de Cristiano Ronaldo e companhia pela derrota. #Futebol #Resenha Esportiva