Desde que chegou ao Atlético de Madrid, o técnico Diego Simeone mudou o aspecto do clube. A equipe conseguiu ser campeã da Liga #Europa, campeã espanhola e vice-campeã da Liga dos Campeões. Essa mudança também se refletiu no confronto com o seu principal rival, o Real Madrid. No último jogo entre os dois, foi uma vitória avassaladora do Atlético por 4x0.

Além disso, o Atlético ainda não tinha tomado gol jogando em casa nessa edição da Champions. Por isso, todos esperavam que o Real Madrid não teria vida fácil na tarde dessa terça feira (14), mas não foi isso que aconteceu e o Real foi melhor em grande parte da partida, merecendo a vitória.

O jogo começou a todo o vapor e o Real Madrid, mesmo jogando fora de casa, teve as melhores chances no primeiro tempo.

Publicidade
Publicidade

Logo aos três minutos, Godín falhou e Bale saiu cara a cara com o goleiro Oblak, mas o substituto de Courtois fez excelente defesa e salvou o time mandante.

O Atlético não se acertava na partida e sua principal característica, sua forte marcação, não era bem executada. Com muita movimentação, o Real Madrid dominava o jogo e confundia a marcação colchonera. Além da falha na marcação, o ataque pouco conseguia criar e Mandzukic jogou muito isolado na frente.

Na melhor chance da primeira etapa, James Rodrigues bateu da entrada da área, o goleiro Oblak fez grande defesa e ninguém do Real apareceu no rebote para abrir o placar. Simeone teve muito o que agradecer por sua equipe não sair perdendo nessa primeira etapa.

A bronca do técnico Simeone deve ter sido bem forte, porque o time do Atlético voltou bem melhor para o segundo tempo e conseguiu equilibrar a partida, criando duas chances de gol logo nos primeiros minutos.

Publicidade

O Real aos poucos foi retomando o controle do jogo, mas Benzema fazia péssima partida e não conseguia fazer a função de pivô, perdendo diversas bolas para a zaga atleticana.

No fim do jogo, o Atlético ensaiou uma pressão, com aquela velha arma, a bola parada, em dois escanteios, o time levou muito perigo para o gol de Casillas, que teve que se virar para evitar o gol, que daria a vitória para o time mandante.

O Atlético ainda não perdeu para o Real na temporada e segue a marca impressionante do Diego Simeone, 7 jogos, com 4 vitórias e três empates. Na próxima quarta-feira (22), as equipes decidem a classificação no Santiago Bernabeu. E o Real vai precisar fazer o que ainda não conseguiu na temporada, superar a quase intransponível defesa dos colchonaros. #Futebol