As Olimpíadas do Rio já batem à porta, e quem curte um dos esportes mais populares do evento, a ginástica artística, vai poder ter uma prévia da maior competição mundial já no próximo mês. Do dia 01 ao dia 03 de maio, São Paulo vai receber a Copa do Mundo de Ginástica Artística no Ginásio do Ibirapuera. Os ingressos já estão sendo vendidos pela internet pelo site Live Pass. Os valores variam de R$ 20 a R$ 100 para a sexta-feira e de R$ 40 a R$ 200 no sábado e domingo, ingressos de meia entrada estão disponíveis em todos os setores. 

Essa Copa do Mundo será o primeiro grande evento que o Campeão Olímpico Arthur Zanetti vai disputar em casa.

Publicidade
Publicidade

 Será uma boa oportunidade para o campeão poder sentir como é disputar um título tendo o calor da torcida como incentivo. Além dos principais nomes da ginástica brasileira, quem comparecer ao ginásio do Ibirapuera vai poder conferir a performance de atletas da Alemanha,  República Dominicana, Portugal, Argentina, Canadá, Chile, China, Croácia, Estados Unidos, Finlândia, Hong Kong, Letônia, México e Peru. 

Apesar de ser uma das modalidades olímpicas mais queridas no Brasil, a história do esporte no país é relativamente recente.  A Confederação Brasileira de Ginástica Artística foi fundada em 1978 e dez anos depois nas Olimpíadas de Seul em 1988, o Brasil conseguiu sua melhor posição na competição até àquele momento com o 34º lugar conquistado pela ginasta  Luisa Parente. 

O esporte começou a se destacar com resultados expressivos a partir do ano 2000, com grandes  colocações alcançadas com os irmãos  Daniele e Diego Hypolito e também com Daiane dos Santos que conseguiu um 5º lugar nas Olimpíadas de Atenas em 2004.

Publicidade

O ponto mais alto chegou nos Jogos Olímpicos de Londres em 2012, com a medalha de Ouro de Arthur Zanetti nas argolas. 

Se por aqui a história da ginástica artística ainda é recente, no mundo o esporte já é praticado desde a antiguidade. Acredita-se que egípcios e gregos já a  praticavam com o intuito de melhorar a forma dos cidadãos comuns e também para melhorar a condição física dos militares. 

A relação entre a ginástica e as Olimpíadas também é antiga. Nos primeiros jogos da Era Moderna, disputados na Grécia em 1896, participaram 05 ginastas de diferentes países,  que disputaram o título de campeão, mas não medalhas,  porque o esporte ainda não era considerado uma modalidade oficial. Doze anos depois, nos jogos Olímpicos de Londres em 1908, a modalidade entra oficialmente para o calendário das competições, e o primeiro medalhista de ouro olímpico da ginástica artística  foi o italiano Alberto Braglia.