Em jogo isolado, na terça-feira (28), válido pelas oitavas de final da Taça Libertadores, no Olímpico Pátria, em Sucre, na Bolívia, o Universitário Sucre perdeu para o Tigres, do México, por 2x1. O gol do time boliviano foi de Ignácio Gonzalez. Para o time mexicano marcaram Esqueda e Damián Álvarez.

No jogo de volta, no Universitário de Monterrey, o Tigres pode perder até por 1x0 que estará classificado para as quartas de final do torneio continental. Já o Universitário Sucre terá que vencer com a diferença de um gol, contanto que marque três na casa do adversário para se classificar. Qualquer vitória com dois ou mais gols de diferença dá a vitória ao Sucre.

Publicidade
Publicidade

Se o duelo terminar com o placar de 2x1 para a equipe boliviana, a disputa irá para as penalidades.

O time mexicano confirmou seu favoritismo e venceu o primeiro jogo fora de casa. Mesmo sem ter feito gol, o brasileiro Rafael Sóbis se destacou pelas jogadas realizadas na partida. Com isso, o Tigres continua invicto na Libertadores e deu um grande passo rumo às quartas.

Os jogadores do time mexicano não sentiram a altitude de Sucre e venceram o duelo de virada. Caso avance, irá enfrentar Emelec, do Equador ou Atlético Nacional, da Colômbia.

O time boliviano abriu o marcador e recuou na partida, e a partir daí o Tigres começou a gostar do jogo e passou a dominar o adversário, criando várias jogadas ofensivas, tendo como único problema a finalização, pois o time perdeu várias chances de gol, sendo a maioria criada por Sóbis.

Publicidade

No segundo tempo, o time boliviano foi castigado pela postura defensiva que estava atuando e permitiu a virada no placar. O atacante equatoriano Guerrón, do Tigres, aniversariante do dia, não conseguiu resolver a partida e seu substituto, Esqueda, acabou, sendo decisivo para os visitantes.

O duelo foi brigado e disputado, digno de uma partida decisiva do maior campeonato das Américas. O Universitário começou bem até fazer seu gol, aí deu espaço para o Tigres crescer no confronto, e esse crescimento foi o que levou o time mexicano à vitória, com participação ativa do brasileiro Rafael Sóbis e o faro de artilheiro de Esqueda. #Futebol #Jogos #Resenha Esportiva