Corinthians e Santos fizeram neste domingo (05) o ultimo clássico pela fase de classificação do Campeonato Paulista. A partida entre as duas equipes terminou empatada por 1x1. O Corinthians assegurou a primeira colocação na classificação geral e tem o direito de jogar em casa até a semifinal. Já o Santos ainda precisa vencer mais uma partida para se classificar, em segundo na classificação geral.

O Corinthians começou o jogo com tudo. Jogando diante de sua torcida, na Arena Corinthians, a equipe impôs seu ritmo e criou as melhores chances. O Santos, por sua vez, tinha dificuldades de criar jogadas no ataque e praticamente teve apenas uma única chance.

Publicidade
Publicidade

O timão pressionava e o goleiro santista Vladimir começou a aparecer. O arqueiro foi o responsável direto pelo placar mínimo na primeira etapa, fez um lance de duas defesas, à queima roupa, que lembraram o uruguaio Rodolfo Rodriguez. Mesmo com a boa atuação de Vladimir, o Corinthians chegou ao gol em cobrança de escanteio e cabeçada do zagueiro Felipe.

O peixe voltou para o segundo tempo mais acordado e disposto a conseguir o gol. Elano deu lugar a Geuvanio e no instante em que o camisa 45 santista tocou na bola, se iniciou a jogada do gol de empate. Robinho rolou para Chiquinho, que colocou a bola na cabeça de Ricardo Oliveira. Empate na Arena.

O jogo seguiu mantendo o mesmo nível. Afinal, são as equipes de melhor campanha no campeonato. O Santos foi um pouco melhor no segundo tempo, o Corinthians sentiu a maratona de jogos e não conseguiu manter o mesmo ritmo da primeira etapa.

Publicidade

No fim do jogo, Emerson Sheik deu uma entrada violenta em Renato, porém, o juiz deu apenas cartão amarelo para o jogador do Parque São Jorge.

Com o empate, o 'Time Mosqueteiro' mantém a primeira colocação geral e, invicto, enfrenta a Ponte Preta na Arena Corinthians, no próximo dia 15. Já o Santos, precisa vencer o Rio Claro na Vila Belmiro, próxima quarta-feira, dia 8, para se manter na segunda colocação. O adversário do peixe ainda não está definido. #Futebol