O #Flamengo procurou Elias para negociar, depois a diretoria do Timão foi avisada sobre o interesse. Sobre forte crise financeira, o clube alvinegro estava motivado e queria negociá-lo, mas quando a diretoria do Timão se reuniu com Elias as negociações pararam. Segundo a atleta houve um "mal-entendido" e ele nunca quis sair.

Após a venda de Elias não ser concretizada, a diretoria espera vender algum atleta para a Europa na janela que se abre no meio do ano e o zagueiro Gil é o mais cotado.

Foram 40% das dívidas com premiações de direito de imagem abatidos com o empréstimo realizado, ficando o restante por conta de negociações por venda de jogadores, por isso a pressa no interesse da venda de Elias.

Publicidade
Publicidade

O #Corinthians espera arrecadar R$ 38 milhões com venda de jogadores em 2015.

Dias contados

A expectativa recai em atletas como o próprio Elias, com experiência no velho continente e que disputará a Copa América, uma grande vitrine para esse tipo de negociação. Talvez esse seja o fato mais motivador para a não saída dele neste momento do Timão. O zagueiro Gil é outro sobre o qual recaem as esperanças de conseguir algum bom negócio, clubes da Alemanha se mostraram interessados e o clube tem 90% de direitos sobre o atleta dando uma boa margem de lucro.

O meia Petros é outro que está em meio a conversas sobre sua venda desde o início do ano. Sobre o meia, talvez a motivação do Corinthians não seja só financeira. O atleta se envolveu em pequenas polêmicas, uma delas foi a trombada que deu no juiz, quando quase pegou seis meses de suspensão, mas o Corinthians reverteu a pena em cestas básicas.

Publicidade

Outra polêmica é que o empresário do atleta foi acusado de exigir que o atleta jogue mais e que seja relacionado para as partidas, nada foi confirmado, mas houve um burburinho muito forte sobre o assunto. Isso faz dele um forte candidato a sair, apesar de contar a favor dele que é um bom jogador e o técnico Tite gosta do seu #Futebol  e o utiliza com frequência.

O presidente Roberto de Andrade disse ter feito uma promessa de "consertar o Corinthians". Concluiu pedindo apoio da torcida enchendo o estádio e que esta dificuldade financeira é somente este ano e gradativamente, ano após ano, vai tudo melhorar.