As quartas de final da Taça Libertadores teve seu início na terça-feira (19), com a realização de uma partida, que apresentou todos os ingredientes necessários em um jogo decisivo. No Modelo Guayaquil, o Emelec conseguiu um resultado importante ao vencer o Tigres, do México, por 1x0, com gol de Bolaños.

Com esse resultado, no jogo de volta, o clube equatoriano poderá perder por um gol de diferença, desde que balance a rede pelo menos uma vez, para se classificar às semifinais da competição. Já a equipe mexicana terá que vencer pela diferença de dois gols para classificar, mas se o triunfo for por 1x0, a disputa irá para as penalidades.

Publicidade
Publicidade

Com a derrota do Tigres, não existe mais nenhuma equipe invicta na Libertadores. O clube mexicano era o único a não ter sentido o gosto da derrota, até essa partida, o que atrapalhou sua caminhada rumo ao título de maneira invicta, algo que poucos times conseguiram na competição, sendo o último deles o Corinthians, na conquista de 2012.

O confronto não foi um dos melhores do campeonato, mas pelo menos teve estádio lotado, onde todos os ingressos haviam sido vendidos para essa partida decisiva. A torcida do Emelec demonstrou que estava otimista quanto ao triunfo de seu clube na primeira partida das quartas.

O clube equatoriano partiu para cima do time mexicano, tentando a todo custo construir um placar que lhe desse certa tranquilidade para poder atuar na partida de volta no México, visando a classificação para a disputa das semifinais, mas o Tigres se portou bem na defesa, onde conseguiu conter algumas ações ofensivas do adversário, tendo dado brecha somente no único gol da partida, que sacramentou o triunfo de 1x0 para o Emelec.

Publicidade

As duas equipes voltarão a se enfrentar na próxima terça-feira (26), no Universitário de Monterrey, no México, valendo pela partida de volta das quartas de final da Taça Libertadores. Quem se classificar desse duelo, enfrentará nas semifinais o Internacional, ou o Santa Fé, da Colômbia, que se enfrentam hoje (20), no El Campín, em Bogotá, sendo essa a partida de ida entre ambas as equipes. #Futebol #Resenha Esportiva