Jogando em Brasília, no estádio Mané Garrincha, o time Brasília perdeu para o Gama por 1x0, com gol de Grampola. Como no primeiro duelo o periquito venceu por 3x0, com essa nova vitória, o clube se sagrou campeão do Candangão 2015, levantando seu décimo primeiro título da competição.

O título foi importante para o time candango, pois já havia 12 anos que o clube não conquistava o campeonato mais importante de Brasília. Após anos no ostracismo, o clube volta a ser protagonista em sua região, algo que o deixa mais saudosista de sua torcida ao lembrar-se dos áureos tempos em que o clube chegou a ser referência no estado, ao fazer bons campeonatos nacionais.

Publicidade
Publicidade

O jogo do título foi bastante disputado, pois o Brasília possui uma equipe aguerrida e que dificultou ao máximo para o alviverde candango. O placar do primeiro confronto não refletiu o #Futebol que o adversário vinha praticando durante o campeonato, algo que acontece muito no futebol, mas na segunda partida o colorado mostrou seu potencial.

Com a conquista, o maior campeão do Distrito Federal garantiu sua presença em três importantes competições: a Série D do Campeonato Brasileiro desse ano, a Copa Verde e a Copa do Brasil de 2016, conseguindo com isso ressurgir no cenário do futebol nacional, e com certo destaque, pois foi campeão com todos os méritos, praticando um bom futebol.

O gol do título aconteceu aos 45 minutos do segundo tempo, quando todos já esperavam que a partida terminasse empatada, sendo que a igualdade também daria o troféu para o Gama, mas com a marcação de um gol e o triunfo no duelo abrilhantaram ainda mais a conquista.

Publicidade

A torcida alviverde incentivou muito durante os noventa minutos, e ao final da partida soltou o grito que estava entalado na garganta há 12 anos.

Agora cabe ao Gama organizar ainda mais sua equipe, com o intuito de fazer bonito no campeonato nacional da série D, para tentar subir para a série C e voltar a ser notícia no cenário nacional. O primeiro passo já foi dado com o título estadual, agora é se estruturar para alçar voos maiores. #Resenha Esportiva