Chegou ao fim a história entre o atacante peruano Paolo Guerrero e o #Corinthians. Em nota oficial divulgada na manhã desta quarta-feira (27), a diretoria do clube paulista anunciou, mesmo na semana que antecede o clássico contra o Palmeiras, que o jogador está dispensando. Emerson Sheik, igualmente de saída, também não deverá participar do duelo marcado para o próximo domingo.

"O Sport Club Corinthians Paulista informa que a partir desta quarta-feira (27) o atleta Paolo Guerrero tem o seu contrato com o clube considerado expirado. Sendo assim, o clube atende um pedido do jogador com relação à liberação. O Corinthians tem jogo importante pelo campeonato brasileiro nos próximos dias e precisa de jogadores comprometidos para a sequência", diz a nota.

Publicidade
Publicidade

Escalado para representar o presidente Roberto de Andrade, o gerente de #Futebol do Corinthians, Edu Gaspar, atendeu à imprensa em entrevista coletiva realizada pouco depois da divulgação da nota. O ex-jogador lamentou a situação, mas fez questão de frisar que todos os jogadores do elenco devem estar focados em defender o time.

"Aqui estou representando o nosso presidente Roberto de Andrade. A partir de hoje, Guerrero não faz mais parte do nosso elenco. Está liberado e não vai nem participar do jogo contra o Palmeiras. Ontem o Roberto recebeu uma ligação do agente do atleta, falando do desconforto que ele está vivendo aqui. Logo depois o presidente veio ao CT e se reuniu comigo e Tite, para expor o problema. Achamos melhor liberar. Queremos jogadores de corpo e alma aqui", explicou Gaspar.

Publicidade

Autor do gol mais importante da história do clube, na vitória histórica por 1x0 contra o Chelsea que deu o título mundial de 2012 ao Corinthians, Guerrero agora terá caminho livre para negociar com outros clubes que já manifestaram interesse no seu futebol. O #Flamengo é um dos clubes mais interessados e o próprio Corinthians acredita que esse será o destino do atacante, que na próxima semana se apresenta para a disputa da Copa América pelo Peru.