Duelando com duas filosofias distintas, Cavaliers e Hawks se enfrentaram em Cleveland pela final da Conferência Leste da #NBA. O time visitante chegou até o topo adotando a filosofia de igualdade entre os cinco jogadores dentro da quadra, onde todos jogam para o time e se sacrificam pelo bem da equipe. Já os donos da casa se apoiam no talento individual de LeBron James e jogam em função do astro.

Parecia que a estratégia dos Cavaliers não seria bem sucedida no último confronto, James ao final do primeiro quarto não havia marcado nem um ponto após dez tentativas, o que levou o time da casa à derrota parcial por 3 pontos de diferença.

Publicidade
Publicidade

Mas após o fraco desempenho na primeira etapa, James se tornou peça chave do jogo, como esperado, e finalizou o confronto com 37 pontos, 18 rebotes e 13 assistências, mesmo aparentando dores na perna durante a prorrogação.

 Mesmo com a ausência de Kyle Korver, machucado, e Al Horford que foi expulso ainda no primeiro tempo, a equipe de Atlanta conseguiu levar o jogo para a prorrogação. A responsabilidade ficou para Jeff Teague liderar os Hawks, o jogador fez o melhor jogo de sua carreira nos Playoffs, marcando 30 pontos, dando 7 assistências e sendo o responsável pelos chutes de 3 pontos que deram vantagem a equipe no último minuto de jogo, e que poderia mudar o ganhador do confronto, não fosse a bola no aro ao estourar do cronômetro.

A partida terminou com o placar de 114-111 ao final dos 5 minutos de prorrogação, com esse resultado os Cavaliers chegam a 3-0 no confronto, ficando a apenas uma vitória da Final dos Playoffs da NBA, mesma situação em que se encontram os Warriors possíveis desafiantes pelo título, vindo da Conferência Oeste.

Publicidade

Apesar das boas atuações, e de já ter recebido o prêmio em quatro oportunidades, LeBron James não foi considerado o melhor jogador da temporada 2015 (MVP 2015), o prêmio ficou para Stephen Curry, que venceu o dito favoritismo de James e Harden. Se a equipe de Cleveland chegar à final será a segunda vez, já para LeBron James será a quinta. #Resenha Esportiva #Basquete