Se o Chicago Bulls tem Derrick Rose, o Cleveland Cavaliers tem Lebron James. Na última sexta-feira (08), Derrick Rose deu a vitória do jogo três ao Chicago Bulls com uma bola de três espetacular, no estouro do cronômetro. O troco veio neste domingo (10). Com o placar empatado por 84 a 84 e faltando 1,5 segundos para o jogo ir para a prorrogação, Lebron James, muito marcado, recebeu e arremessou a bola que garantiu a vitória do Cleveland Cavaliers por 86 a 84 e empatou a série semifinal da Conferência Leste em 2 a 2. Lebron já havia sido o principal responsável pela vitória de sua equipe no jogo 2.

Apesar da cesta da vitória, Lebron James não vinha atuando como em suas melhores noites.

Publicidade
Publicidade

O ala terminou a partida com 8 turnovers, o último deles faltando menos de 20 segundos para o fim do jogo e que deu a oportunidade do Chicago Bulls empatar o placar com uma cesta de Derrick Rose. Ainda assim, James chegou a 25 pontos, 14 rebotes, 8 assistências e 2 tocos, boas estatísticas no final das contas.

Assim como Lebron, a outra estrela do Cleveland não atou tão bem quanto de costume. Kyrie Irving terminou o jogo com 12 pontos, número bem abaixo de sua média, e acertou apenas 2 dos 10 arremessos de quadras que arriscou. Timofey Mozgov, com 15 pontos, 9 assistências e 3 tocos foi o melhor coadjuvante para James.

Pelo lado do Bulls, frustação total. Após abrir 11 pontos de vantagem no final do terceiro quarto, a franquia de Chicago sofreu um apagão e permitiu a reação do rival.

Publicidade

Derrick Rose manteve o alto nível de atuação e conseguiu 31 pontos, cestinha da partida. Jimmy Butler também voltou a jogar bem e anotou 19 pontos, além da ótima marcação em cima de Lebron James. O espanhol Paul Gasol, com uma lesão na coxa, desfalcou o time.

As duas equipes voltam à quadra na próxima terça-feira (12) às 21h (de Brasília), na Quicken Loans Arena, em Cleveland. A outra semifinal da Conferência Leste está sendo disputada entre Washington Wizards e Atlanta Hawks. O Washington está vencendo a série por 2 a 1.  #Resenha Esportiva #NBA #Basquete