A equipa do Manchester City, segundo alguns jornais desportivos da Itália, está preparada para oferecer 50 milhões de euros (cerca de 171 milhões de reais) pelo meia brasileiro, Felipe Anderson. O Santos, a se confirmar esta venda, poderá resolver problemas financeiros, visto que, no acordo, quando a Lazio contratou o jogador junto ao "Peixe", estava uma cláusula de 25% do lucro de uma futura venda. Se Felipe Anderson mudar de "ares" para Inglaterra por 50 milhões de euros, cerca de 42 milhões de reais irão para a equipe santista.

O jogador brasileiro de 22 anos até nem era bem visto pelos torcedores santistas e acabou vendido por cerca de 11 milhões de reais a Lazio em 2013.

Publicidade
Publicidade

A serviço do #Santos, Felipe Anderson conquistou a Copa Libertadores em 2011, a Recopa Sulamericana em 2012 e 2 campeonatos Paulistas em 2011 e 2012. Na temporada ainda em curso, o jogador brasileiro participou de 33 jogos pela Lazio e marcou 11 gols. Nesses 33 jogos, totalizou 2167 minutos e contabiliza uma média de 0,33 gol por jogo, o que equivale a 1 gol a cada 3 partidas.

Para além do interesse da equipa inglesa do Manchester City, também outros clubes europeus como o Liverpool (também da Inglaterra) e o Bayern Munique (da Alemanha) estão interessados na aquisição do jogador. Ainda não se sabe nada sobre acordos oficiais, o que se sabe é que Felipe Anderson tem mercado e os interessados têm poder de compra, visto tratar-se de equipas gigantes dos campeonatos europeus.

Caso se confirme a compra por um dos interessados, por um valor a rondar os 50 milhões de euros (171 milhões de reais), o clube santista conseguiria colocar a situação salarial do clube novamente em dia, o que acabaria com o descontentamento por parte dos jogadores que, certamente, não gostam de estar nesta situação.

Publicidade

O clube poderia ainda, eventualmente, renovar contrato com o atacante Robinho, que rescindiu com o Milan e estará livre no dia 1º de julho, altura em que o Santos poderá avançar para a sua aquisição em definitivo. #Negócios #Futebol