O ex-jogador argentino Gabriel Batistuta está passando por problemas sérios em sua vida. O eterno ídolo da seleção argentina está em uma situação complicada, pois sente dores muito fortes nas pernas e não consegue andar normalmente devido a isso, e segundo alguns meios de comunicação, ele chegou a afirmar que tem vontade de amputar as pernas por causa dessas dores.

Alguns meios de comunicação afirmam que o ex-atacante está na cama e com dores fortíssimas nos dois joelhos, o que o impossibilita de andar, dificultando até em algo que ele sempre gostou de fazer desde que pendurou as chuteiras: acompanhar os jogos de #Futebol presencialmente nos estádios.

Publicidade
Publicidade

Segundo informações de alguns meios de comunicação da Itália, Batistuta, o maior artilheiro da história da Argentina com 56 gols, vem sofrendo com os joelhos desde 2010, quando atuava pela Fiorentina, e a partir daquele ano até a data de sua aposentadoria em 2005, ele precisou da utilização de medicamentos para colocá-lo à disposição para desempenhar seu futebol.

Hoje, aos 46 anos, Gabriel é amante de polo, porém ultimamente não tem praticado, porque até para ir ao banheiro ele está precisando de ajuda, pois ele praticamente se arrasta para se locomover, isso nas vezes em que ele consegue se levantar.

Um meio de comunicação colombiano afirmou que Batigol é uma vitima do abuso de medicamentos, que seriam utilizados em alguns clubes para atenuar dores que dificultariam a atuação de alguns jogadores durante as partidas, e complementou dizendo que as várias infiltrações que teriam sido efetuadas no jogador, com o intuito de aliviar a dor ou reduzir o tempo de recuperação de alguma lesão, seriam os principais motivos do estado em que ele se encontra hoje.

Publicidade

O jornal colombiano ainda complementa, afirmando que as cartilagens dos joelhos do argentino já não existem mais, e três fisioterapeutas o acompanham, para poder amenizar a situação do ex-atacante. Agora é torcer para que o eterno Batigol possa vencer mais essa batalha e que volte a demonstrar em sua vida a felicidade que ele tinha dentro de campo. #Resenha Esportiva