A rivalidade entre Goytacaz e Americano, clubes de #Futebol mais populares da cidade de Campos dos Goytacazes, norte do Estado do Rio de Janeiro, é algo que transcende as raias da razão.

A paixão das duas torcidas por seus clubes é tamanha que podemos comparar com o amor que a torcida do Clube de Regatas Flamengo tem por sua equipe. Entretanto, rivalidade é rivalidade, e ambos os torcedores continuam vivendo sob uma relação de amor e ódio.

O último Campeonato Carioca da Série B, que ambos disputaram, trouxe um misto da rivalidade, mas também do pitoresco. O Americano FC ficou sem o seu estádio Godofredo Cruz, por conta da venda do mesmo para um grupo de empresários que pretendem instalar ali um Shopping Center.

Publicidade
Publicidade

Então, o Americano se viu na obrigação de pedir a colaboração (paga) ao seu maior rival para utilizar o estádio Ary de Oliveira e Souza nas partidas.

Com a anuência da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, ficou decidido que o Goytacaz realizaria suas partidas no sábado, enquanto o Americano utilizaria o mesmo estádio no domingo.

Reza a boca miúda, que o fato do Goyta jogar no sábado faria com que sua torcida, apaixonada do jeito que é, torceria pelo azul da Rua do Gás em um dia e no outro iria “secar” o alvinegro do Parque Tamandaré. Mas o Goytacaz não conseguiu chegar às finais do campeonato, e agora a torcida alvi-anil que tanto “secou” o Americano, vê seu rival chegar às finais do mesmo campeonato.

A paixão das duas torcidas é tão grande, que após o centenário das duas, ambas viram a partida entre os dois clubes ser tombado pelo COPPAM – Conselho de Preservação do Patrimônio Histórico e Cultural de Campos dos Goytacazes.

Publicidade

Agora, de acordo com a Resolução nº 006/2013 o famoso clássico de futebol campista é considerado patrimônio cultural e imaterial.

O Goytacaz Futebol Clube, fundado em 20 de agosto de 1912, é mais velho que o Americano Futebol Clube, uma vez que o último foi fundado em 1º de junho de 1914. 

O Americano foi o primeiro clube campista a disputar o Campeonato Brasileiro em 1974. O Goytacaz só entrou no Nacional, dois anos depois, em 1976. Ambos são campeões brasileiros da Segunda Divisão. Em campeonatos nacionais, o Americano já teve a primazia de disputar a Copa do Brasil, outro torneio de nível nacional, que vale uma vaga na Taça Libertadores da América.

O maior orgulho da torcida alvinegra é o fato do Americano Futebol Clube, ostentar o título de enea-campeão campista de futebol, por conquistar os títulos municipais de 1967 a 1975, em cima do seu maior rival, o Goytacaz.  #História