O Bahia anunciou oficialmente seu novo patrocinador master, a construtora MRV, que se junta a outros parceiros do tricolor.

O clube já havia renovado com a Canaã e a Tim, e também firmou parceria com a 99 Taxis, a Central Nacional Unimed e a Guaramix. Outro parceiro do esquadrão de aço é a Penalty, sua fornecedora oficial de material esportivo.

A MRV Engenharia será a patrocinadora máster do esquadrão de aço, e estampará sua marca na parte principal da camisa do clube baiano. E segundo o Diretor de Mercado do Bahia, Jorge Avancini, a estreia do novo patrocinador acontecerá no jogo desse sábado (13) contra o Ceará, na Arena Fonte Nova.

Segundo Avancini, o contrato da nova parceria valerá até dezembro de 2016, e que devido ao contrato de confidencialidade, os valores da negociação não poderiam ser revelados, mas deixou claro que o Esporte Clube Bahia deu um importante passo em acertar com a MRV.

O tricolor já estava há dois anos sem um patrocinador máster, e segundo seu Diretor de Mercado, a negociação, com um desfecho positivo, foi considerado um sucesso, principalmente se for feita a comparação com os grandes clubes do Brasil, que em sua maioria não possuem um patrocinador máster.

Jorge Avancini ainda disse o seguinte: “eu acho que o Bahia está de parabéns e tem espaço para mais um, mas a gente está avaliando, estamos com várias alternativas e estamos avaliando para deixar consolidar”.

“O legal é que a MRV atendeu ao apreço da torcida e do Bahia, e ela vai respeitar as cores do Bahia, e o nome da marca vai ser escrita em azul, branca ou vermelha, de acordo com o uniforme”, complementou o Diretor do tricolor baiano.

Com o anúncio dessa parceria, o Esporte Clube Bahia mostra que aos poucos vem reconquistando a confiança dos investidores, pois após a implementação de uma administração mais transparente e também devido à alteração em seu estatuto, que possibilitou o sócio do clube a realmente ter possibilidades de administrar seu clube de coração, o esquadrão de aço voltou a se estruturar política e financeiramente, e isso atraiu as atenções de empresas interessadas em investir no #Futebol #Resenha Esportiva