Foram necessários 14 anos para que o Brasil voltasse a colocar a bandeira verde-amarela no topo de Roland Garros. Quando Gustavo Kuerten bateu o espanhol Alex Corretja na final de simples masculina em 2001, garantindo o seu tricampeonato no saibro sagrado de Paris, um jejum entre os brasileiros começava a incomodar até que o mineiro Marcelo Melo sagrou-se campeão de duplas na edição de 2015.

Do seu lado, um guerreiro. Ivan Dodig, croata, fundamental na campanha do título e, sobretudo, na final histórica diante dos irmãos gêmeos norte-americanos Bob e Mike Brian. Com parciais de 6/7 (5) 7/6 (5) e 7/5, a dupla formada por ele e Melo desbancou os favoritos e fez história em Roland Garros.

Publicidade
Publicidade

Pela primeira vez, o Brasil comemora um título de duplas masculino no Grand Slam da França.

“Foi uma atmosfera incrível. Conheci o meu parceiro quatro anos atrás e agora estamos aqui celebrando essa conquista. Agradeço ao meu irmão e a um amigo que veio do Brasil só para assistir essa final. Quero mandar um abraço a todos os torcedores”, disse Marcelo, logo após levantar a taça.

Aos 31 anos, Melo agora entra para um seleto grupo de tenistas brasileiros que triunfaram em Roland Garros. Além de Guga, com o seu tricampeonato em 1997, 2000 e 2001, e Maria Esther Bueno, campeã nas duplas mistas e feminina em 1960, o time conta com o gaúcho Thomaz Koch, vencedor nas mistas no ano de 1975.

No match point da final de sábado, um ponto com a assinatura de um gênio. Ao desferir um potente saque, Melo aproximou-se da rede e, com um bate-pronto milimétrico, tirou da jogada os dois rivais.

Publicidade

A comemoração não teria como ser outra: de imediato, Melo olhou para a arquibancada e procurou Guga. Quando o avistou, correu em sua direção para reverenciá-lo. O título também era dele.

Campanha rumo ao título

1° Rodada - Melo/Dodig 2x0 Becker/Satschko (6/2 7/6 (2))

2° Rodada - Melo/Dodig 2x1 Andujar/Marach (4/6 6/2 6/3)

Oitavas - Melo/Dodig 2x0 Garcia-Lopez/Roger-Vasselin (6/1 6/4)

Quartas - Melo/Dodig 2x0 Peya/Soares (6/3 7/6 (8))

Semi - Melo/Dodig 2x0 Rojer/Tecau (6/3 7/5)

Final - Melo/Dodig 2x1 Bryan/Bryan (6/7 (5) 7/6 (5) 7/5) v #Entretenimento #Europa #Tênis