Nesta segunda (22/6) a Confederação Brasileira de #Futebol - CBF, juntamente com toda a comissão técnica e com Neymar Jr. decidiram não mais recorrer da suspensão de 4 jogos que tirou o camisa 10 do Brasil dessa edição da Copa América. A comissão brasileira teria até terça-feira (23) para recorrer a punição de 4 jogos para 3 jogos, que colocaria Neymar no jogo final, caso o Brasil chegasse até a fase final do campeonato.

Em nota, a CBF falou que a decisão de não mais recorrer foi feita em conjunto e que e espera que a Conmebol - Confederação Sul-Americana de Futebol, tenha o mesmo rigor para punir outros jogadores em outros campeonatos realizados pela entidade.

Publicidade
Publicidade

A nota também lamenta a perda, mais uma vez, de um jogador importante para a competição e Neymar deixa o grupo nessa segunda-feira (22), que está concentrada no Hotel Sheraton, em Santiago.

Neymar fez um discurso de despedida que foi divulgada na rede social da CBF. O jogador falou que esperou, com muita fé, até o momento para uma decisão de retornar a competição e lamentou não ser mais possível. Confirmou que sabe a importância de sua presença na seleção, mas que todos os jogadores devem estar totalmente concentrados para os próximos jogos. Neymar também falou que nunca fugiu da responsabilidade de ser um dos líderes da equipe e completou: "como capitão sempre me entrego em busca de vitórias e tomando decisões, sejam elas erradas ou certas. E este é um momento de decisão".

O camisa 10 disse também que apenas ficar treinando, sem poder jogar, o mataria por dentro e que ficar em concentração traria o risco de trazer problemas externos, além de tirar o foco dos jogadores do campeonato.

Publicidade

O jogador também pediu desculpa por ter causado isso e disse sair mais experiente do ocorrido, ao final da nota ele desejou boa sorte ao Brasil.

Neymar já tinha planejado suas férias em Ibiza, litoral espanhol, prevendo que teria férias curtas. O jogador, sem o ocorrido de quarta-feira contra a Colômbia, só seria liberado pela seleção no dia 5 de julho e seu retorno para o Barcelona aconteceria no dia 13, o site UOL divulgou que o jogador negociava seu retorno ao Barcelona apenas em agosto.

O que sabemos mesmo é que agora o craque ganhou mais dias de folgas e poderá prolongar seu descanso após ter jogado muito futebol no time catalão. #Famosos #Copa América