Nessa quarta-feira (24), o Chile derrotou o Uruguai no Estádio Nacional de Santiago, pela #Copa América 2015.

Em uma partida acirrada, com direito a dois cartões vermelhos e um festival de cartões amarelos, os chilenos mostraram que estavam dispostos a ganhar. Aos 35 minutos do segundo tempo, com a ajuda de Valdívia que deu um passe para Isla marcar o gol da vitória.

O jogo teve 4 cartões amarelos, e o primeiro expulso foi Cavani, aos 16 minutos do segundo tempo, após dá um tapa em Jara, que provocou o jogador uruguaio. A segunda expulsão aconteceu no final do jogo, 43 minutos, em que Fucile marcou uma falta recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso do jogo.

Publicidade
Publicidade

Com duas expulsões os uruguaios partiram pra cima dos árbitros, que eram brasileiros, e o jogo ficou paralisado por uns cinco minutos.

Com dois a menos e com um time desequilibrado, o Chile continuou indo pra cima, e quase marcou o segundo. Ao som de "Chi, Chi, Chi, lê, lê, lê...vai Chile", a seleção chilena mostrou que quer muito mais do que apenas ser dona da casa; quer o título. Agora a equipe pegará ou o Peru ou a Bolívia, que jogará nessa quinta-feira (25/06).

Os jogadores que levaram cartões amarelos foram: Valdívia e Isla do Chile, do Uruguai os jogadores penalizados foram: Cavani e Fucile, os mesmos levaram cartões vermelhos ao longo do jogo.

Caso Cavani

O jogador fez uma falta dura no começo do jogo e peitou o bandeirinha, sendo a origem do cartão amarelo. No segundo tempo, quando provocado, reagiu e levou o cartão vermelho, sendo expulso do jogo.

Publicidade

Cavani era dúvida se continuaria no Chile para disputar o jogo, pois nas últimas semanas, o jogador estava no meio de uma polêmica. Seu pai dirigia alcoolizado e atropelou um motociclista que acabou falecendo.

No jogo, Cavani demonstrou que não estevam psicologicamente bem para jogar o que foi confirmado por diversas atitudes do jogador. Ao receber o cartão vermelho, Cavani chorou e se desesperou, mostrando que não estava preparado para jogar essa partida.

Copa América dos Desequilíbrios

Na semana passada, o jogador brasileiro Neymar, no jogo contra a Colômbia demonstrou também não está em seus melhores dias. Muito agressivo, o jogador discutiu com o árbitro, xingou jogadores e no final do jogo chutou uma bola nas costas de Armero, onde gerou toda a confusão que lhe fez ganhar um cartão vermelho. O Jogador tomou punição de 4 partidas e uma multa de 10 mil dólares e está fora da Copa América. #Entretenimento #Futebol