Na quinta-feira (11) aconteceu o pontapé inicial da Copa América 2015, que acontece no Chile. O primeiro jogo da competição foi do anfitrião contra a seleção equatoriana. Antes do início da partida houve uma bela festa de abertura, com muitos balões, um verdadeiro show pirotécnico e "guerreiros" representando a história do país, foi um verdadeiro espetáculo.

No Nacional, em Santiago, aconteceu o jogo de abertura da competição, e o Chile venceu o Equador por 2x0, com gols de Vargas e Vidal. Com essa vitória, a seleção anfitriã começa com o pé direito, e liderando o grupo A. Já a seleção visitante começa com derrota, e agora terá que correr atrás da vitória no próximo duelo.

Publicidade
Publicidade

No primeiro tempo, a seleção chilena tomou a iniciativa do jogo, criou muitas chances e perdeu várias chances de abrir o marcador, mas seu #Futebol não empolgou os torcedores presentes no estádio, que tiveram que "aceitar" o empate sem gols nos primeiros 45 minutos.

No segundo tempo, a equipe do Chile manteve o mesmo ritmo, a diferença é que, além de ter perdido outras chances de gol, nos 45 minutos finais conseguiram marcar dois gols, o que garantiu o triunfo no primeiro confronto pelo campeonato que estão sediando.

A torcida chilena vibrou bastante e participou ativamente antes, durante e após os 90 minutos, sempre entoando cânticos e o hino nacional. Além do incentivo aos jogadores de sua equipe, eles vaiavam muito à medida que os jogadores equatorianos tentavam fazer cera enquanto o resultado de empate predominava.

Publicidade

O Chile conseguiu manter o equilíbrio na partida, vencendo o nervosismo inicial e normal para uma estreia em uma competição tão importante quanto a Copa América, e mais ainda por ser em seus domínios, e por ter a pressão de nunca ter levantado o troféu da referida competição.

Agora a sorte está lançada, os comandados de Jorge Sampaoli tentarão conquistar o título da competição pela primeira vez, e o maior motivo de esperança de seu povo é a qualificação e importância de seus jogadores, onde grande parte deles possui certo destaque no futebol europeu em grandes equipes. Resta acompanhar o desempenho do Chile e ver qual será o desfecho final da equipe anfitriã. #Resenha Esportiva