As lutas marciais sempre foram destaque. Grande parte delas já participa das Olimpíadas. Uma modalidade antiga, de grande beleza e exigência de uma performance diferenciada entrou com pedido para participar dos Jogos Olímpicos de 2020. Conheça suas técnicas e possivelmente irá querer se transformar em um participante.

Seus praticantes não são contra o futebol, mas um de seus mestres diz que desporto não é somente futebol, mas que as artes marciais são esportes mais completos. Discussões à parte ele é pouco ou quase nada conhecido fora da China.

Enquanto não é considerado uma modalidade olímpica, ele se apresenta como um espetáculo que chama a atenção por sua beleza plástica, como muitas outras técnicas de movimentação corporal apresentadas pelas artes marciais.

Publicidade
Publicidade

Quem pensa que o Wushu é algo novo, do qual nunca tinha ouvido falar, está com razão na segunda afirmativa, mas enganado com relação à primeira. O Wushu é uma técnica milenar desenvolvida com diferentes técnicas e de diferentes formas, com ou sem a utilização de armas, além do corpo. Ela é considerada como uma ideologia de hierarquia e disciplina, como outras artes marciais chinesas.

Considera-se que sua transformação de arte marcial em esporte ocorreu na década de 50, na República Popular da China. No Brasil o esporte foi introduzido na década de 60 e ele acabou sendo ligado ao Kung-fu, com quem divide, atualmente uma confederação responsável pelos dois esportes. No início somente imigrantes podiam praticar o esporte. Mas quando sua divulgação teve início, ele logo arrebanhou alguns admiradores.

Publicidade

O problema é que eles ainda são esportistas em tempo parcial e assim, ainda não surgiu um grande ídolo, que seja capaz de divulgar o esporte e captar novos admiradores e praticantes.

A responsável pelo esporte em nosso país é a CBKW - Confederação Brasileira de Kungfu e Wushu. Ela é reconhecida pelo COB - Comitê Olímpico Brasileiro, a quem foi encaminhado o pedido que o esporte se transforme em esporte olímpico.

Para que você tenha maiores informações ele é considerado o esporte de Jet Li. Assim, para compreender a luta, basta assistir a um de seus filmes, que ainda se encontram disponíveis em locadoras. Recentemente um novo filme apresenta as peripécias de Jackie Chan sobre as artes marciais.

O esporte pode ser desenvolvido em sequência de mãos e armas tais como a espada, facão e bastão (Taolu) e somente com movimentos de socos e chutes e projeções ao solo (Sanda). Existem outras modalidades, mas o que foi descrito permite que você associe a outras lutas marciais e saiba que os movimentos e controle pessoal são fundamentais para quem pensa em se dedicar ao esporte. Então vá até a locadora mais próxima e traga para casa alguns filmes que envolvam Jackie Chan e Jet Li, que colaboraram com a divulgação do esporte no mundo todo. Boa sorte e boas quedas, até aprender de forma correta as complexas técnicas orientais. #Entretenimento