A Copa América teve prosseguimento na sexta-feira (12), quando o México empatou com a Bolívia por 0x0, em uma partida fraca tecnicamente e sem emoções. O jogo aconteceu no estádio Viña Del Mar, na cidade de Valparaíso. Com esse resultado, ambas as equipes se posicionaram na vice-liderança do grupo A.

Porém não foi só a falta de emoção que marcou o confronto, o que ficou evidente também foi o #Futebol pobre desempenhado pelos dois times, demonstrando que tanto os mexicanos, quanto os bolivianos precisam melhorar e muito o futebol praticado para poder almejar coisas melhores na competição.

Mas a situação dos dois países não vem sendo nada boa nas últimas disputas de Copa América.

Publicidade
Publicidade

Por exemplo, na última edição, em 2011, na Argentina, o México não marcou nenhum ponto, algo que já mudou na atual disputa, já a Bolívia pelo menos conseguiu um empate, e contra a seleção anfitriã.

Aliás, a última vitória da seleção boliviana na Copa América foi em 1997, quando ela foi anfitriã, e chegou até a final contra o Brasil, se tornando vice-campeã, com isso lá se vão 18 anos desse longo jejum, que pode ser quebrado esse ano, pois a equipe atual possui jogadores com qualidade e experientes, como por exemplo, o atacante Marcelo Moreno.

Até a presença de público no estádio foi fraca, com apenas 14.987 pagantes. O que amenizou o baixo número de torcedores foi a festa proporcionada tanto por mexicanos quanto por bolivianos, que se caracterizaram com as cores de seus respectivos países, proporcionando um clima parecido com o que geralmente é visto na Copa do Mundo, com muita alegria e irreverência.

Publicidade

O México não levou sua força total para a disputa da competição no Chile, pois priorizou a Copa Ouro, mas levou alguns jogadores renomados, e conhecidos do torcedor brasileiro, dentre eles, o zagueiro Rafa Márquez, o técnico Miguel Herrera e o atacante Marcelo Moreno.

A competição ainda está no início, então cabe aguardar um pouco até as seleções participantes engrenarem para avaliarmos o nível de competitividade das equipes, mas até o momento, os dois primeiros jogos que aconteceram não empolgaram os amantes do futebol, incluindo o Chile, que venceu, mas não convenceu. #Resenha Esportiva