Nesta quarta-feira (3), o #Corinthians vai jogar contra o #Grêmio, no Rio Grande do Sul, e vai fazer uma mudança inesperada para muitos, o volante Ralf, jogador com uma regularidade impressionante, perdeu a camisa de titular para Cristian. O técnico explicou que Cristian está em melhor momento e tem uma saída de bola com mais qualidade. Cristian foi contratado no final do ano passado, depois de um longo tempo para entrar em forma, jogou pouco e não se firmou no time. Outra mudança é a entrada de Mendoza no lugar de Petros, com a intenção de contra-ataques rápidos. Vagner Love estará no banco de reserva e é provável que entre no segundo tempo, Romero entra de titular.

Publicidade
Publicidade

Tite está "se virando" com o que tem. Esse time não é ruim, na verdade, tem uma boa qualidade. O que está faltando é confiança de que podem jogar #Futebol.

Histórico

Todo mundo sabe da reconstrução que o time do Corinthians está vivenciando. A diretoria constatou que o erro cometido financeiramente foi no ano de 2014, quando estava com um time de Copa Libertadores sem disputar a competição, foi esse ano que as finanças se tornaram um problema. Outra contradição para piorar a situação foi o estádio, onde o clube perdeu a renda anual de R$ 36 milhões com a venda de bilheteria, hoje a renda da Arena vai para o fundo para o seu próprio pagamento e se juntou a tudo isso a perda de patrocínios.

Essa turbulência fora de campo se refletiu no grupo de jogadores, talvez a perda desastrosa no Paraguai para o Guarani tenha sido o maior exemplo desse mau momento do clube, com o time todo desconcentrado e apático.

Publicidade

É claro que seria leviano colocar a culpa da derrota neste fato, mas se somou a outras situações e foi "a gota d'água". Jogadores saíram e outros ainda vão sair e alguns chegarão, o momento é de arrumação de casa e gastar o que tem em caixa.

Quem fica sem saber o que fazer é o técnico Tite. Ele que gosta de estar com o grupo fechado e arrumado para as partidas, mas está passado por uma reconstrução forçada e no pior momento imaginável, durante um campeonato muito difícil que é o brasileirão.