O lateral direito do Barcelona, Daniel Alves, está de volta à Seleção Brasileira de #Futebol, e sua convocação aconteceu devido à necessidade que surgiu no elenco canarinho após o corte de Danilo, novo lateral do Real Madrid, que sofreu lesão no tornozelo direito.

O lateral se contundiu no amistoso da seleção contra o México, disputado no domingo (07), visando a preparação do Brasil para a disputa da Copa América no Chile.

Mesmo correndo contra o tempo, e intensificando o tratamento, o departamento médico da seleção brasileira não conseguiu obter evolução no quadro, e o técnico Dunga teve que cortá-lo da lista de jogadores que disputará a principal competição de seleções das Américas.

Publicidade
Publicidade

Danilo nem conseguiu participar do treino que aconteceu na última terça-feira (09), realizado no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, na véspera da partida contra Honduras. O jogador estava visivelmente abatido após a constatação de ruptura de ligamento no tornozelo direito, e terá que se submeter a tratamento pelo menos pelas próximas três semanas.

Para o lufar de Danilo, Dunga convocou Daniel Alves, aparecendo na lista do treinador pela primeira vez desde seu retorno ao comando técnico do Brasil, e essa convocação também representa o retorno do atleta desde a disputa da Copa do Mundo de 2014 no Brasil.

Daniel Alves está vivendo uma ótima fase, após ter passado um período de ostracismo, pois além de ter conquistado recentemente a Liga dos Campeões da Europa com o Barcelona, acabou de renovar seu contrato com o clube catalão até 2017, e para coroar a boa fase, acabou sendo convocado para a disputa da Copa América.

Publicidade

Aliás, o ego do lateral está elevado, principalmente por um dos motivos que o convenceram a renovar com o Barça, o pedido especial feito pelo argentino Lionel Messi, que disse querer a sua permanência, tanto na parte profissional quanto em relação ao grau de amizade que ambos possuem.

Daniel Alves terá uma nova chance de mostrar seu bom futebol na seleção brasileira, e o primeiro passo é conquistar a titularidade da equipe dirigida por Dunga, e mostrar seu bom futebol na competição que irá representar seu país, e se firmar de vez na lateral direita do Brasil. #Resenha Esportiva