O fim de semana se aproxima com uma ótima notícia para os amantes do #Tênis aqui no Brasil. Nesta sexta-feira (19), os canais ESPN adquiriram os direitos de transmissão de Wimbledon pelos próximos três anos e iniciarão a cobertura do Grand Slam da grama já no dia 29 de junho, data de início do campeonato. Até este ano, o SporTV detinha a exclusividade do torneio aqui para o Brasil e seguirá fazendo a cobertura.

Segundo informações da ESPN, serão transmitidos jogos durante toda a programação do dia nos canais ESPN, ESPN+ e WatchESPN (plataforma online). Durante os dias de torneio, também será exibido o programa "Pelas Quadras", sempre a partir das 20h - mesa redonda apresentada pelo jornalista Fernando Nardini com as presenças dos comentaristas Fernando Meligeni e Osvaldo Maraucci, além de convidados especiais.

Publicidade
Publicidade

A forma como o SporTV transmitiu o torneio de Wimbledon nos últimos anos gerou certa insatisfação no público, já que se restringia ao pacote básico de transmissão, raramente saindo dos jogos das quadras principais e passando no máximo quatro partidas por dia. Com a nova concorrência, a tendência é que a cobertura do canal vinculado à Globo também se qualifique.

Pelo twitter, Fernando Nardini, o principal locutor de tênis dos canais ESPN comemorou a notícia e fez questão de brincar com o seu companheiro de transmissões:

"Sensacional a notícia. Pelos próximos três anos Wimbledon estará na ESPN! O Fernando Meligeni mostrará tudo o que sabe na grama! Opa, peraí...", brincou.

O sérvio Novak Djokovic no masculino e a tcheca Petra Kvitova no feminino são os atuais campeões do torneio e buscarão o bicampeonato.

Publicidade

Regulamento mais rígido

O mais tradicional torneio do circuito da ATP anunciou mudanças nas regras para a edição de 2015, que promete ser ainda mais rígida no que diz respeito ao cumprimento das normas. A organização do torneio anunciou, nesta semana, que o uso de celulares e tablets dentro das quadras por parte do público está proibido. Meses atrás, o famoso "pau de selfie" já havia sido vetado. #Entretenimento #Televisão