Com parciais de 6/4 6/2 6/4, o espanhol Rafael Nadal bateu o brasileiro Thomaz Bellucci nesta terça-feira (30), pela primeira rodada do torneio de Wimbledon. Essa foi a quinta vitória de Nadal sobre Bellucci, em cinco jogos disputados, e a terceira em estreias de Grand Slams. Com a derrota, o brasileiro mantém um longo jejum de vitórias na grama, piso que não vence desde o ATP de Queen's em 2011.

Bellucci iniciou bem a partida. Com bom aproveitamento de saque e apostando em bolas longas, confirmou com facilidade os seus dois primeiros saques e teve duas oportunidades de quebra quando vencia por 2/1 no primeiro set, que não aproveitou.

Publicidade
Publicidade

Na sequência, perdeu intensidade e permitiu que Nadal abrisse 5/2. Sacando para fechar, o espanhol teve seu serviço quebrado e só fechou o primeiro set na segunda oportunidade, em 6/4.

Nos dois sets seguintes, Nadal esteve mais sólido do fundo de quadra e aproveitou a instabilidade do brasileiro para andar sempre à frente no placar. Com isso, fechou em 6/2 e 6/4 e avançou à segunda rodada do Grand Slam britânico. Na segunda rodada, o bicampeão das edições de 2008 e 2010 vai enfrentar o alemão Dustin Brown.

João Souza, outro brasileiro presente na chave masculina de simples, foi derrotado ainda na segunda-feira (29) pelo colombiano Santiago Giraldo. Feijão não conseguiu encontrar o seu melhor jogo e sucumbiu em três sets, com parciais de 6/4 6/3 6/2. A rodada também teve espaço para emoção.

Publicidade

Ao perder por 11/9 no quinto set, o lendário tenista australiano Lleyton Hewitt despediu-se do torneio de Wimbledon, onde sagrou-se campeão em 2002. Ele se aposentará após o Aberto da Austrália de 2016.

Os demais favoritos na chave masculina avançaram com tranquilidade. Principal cabeça de chave, o sérvio atual campeão do torneio Novak Djokovic fez um triplo 6/4 no alemão Philipp Kohlschreiber. O finlandês Jarkko Nieminen encara Djokovic na segunda rodada. Roger Federer, cabeça 2 da chave, largou bem e não teve dificuldades para avançar sobre o bósnio Damir Dzumhur, com parciais de 6/1 6/3 6/3. Ele encara agora o americano Sam Querrey. #Europa #Tênis #Wimbledon 2015