Saiba mais sobre o parkour!

O jogo consiste na transposição de obstáculos em algum meio físico. Ele não exige investimentos, pode representar uma boa diversão e também investimento na saúde.

O parkour é recente. Foi criado na década de 90, derivando dos treinamentos de um socorrista no Vietnã, herói do corpo de bombeiros de elite em Paris, Raymond Belle. Segundo a sua visão e declarações, é um treino de transposição de obstáculos do seu ambiente, tais como a escalada de muros, equilíbrio em corrimãos, salto sobre vãos e superação de outros obstáculos que surjam no caminho do praticante.

O principal benefício citado por alguns treinadores é que, ao praticar este esporte, o atleta se coloca na constante busca pelo desenvolvimento da autonomia de nosso corpo e mente, sobre os desafios que nos são impostos pelo cotidiano.

Publicidade
Publicidade

O corpo e a mente estão relacionados e o psicológico pode adoecer nosso corpo.

É um esporte que exige força, resistência, explosão muscular, equilíbrio, determinação, concentração e outras qualidades que um atleta deve ter.

Apesar de designado como um esporte radical, categoria em que seria admitido se sua solicitação de participação nos Jogos Olímpicos for atendida, seus praticantes o consideram algo mais do que um esporte. Depender do próprio corpo, de iniciativa particular, sem dependência a regras, que não aquelas ditadas pela resistência de seu corpo e instinto de sobrevivência é quem faz, segundo seus participantes, que a prática seja mais do que uma simples modalidade.

Outro enfoque que seus praticantes consideram importante divulgar é que a alegria proporcionada por esta atividade não pode ser explicada, mas sim vivenciada.

Publicidade

Ao utilizar o ambiente livre da cidade onde o praticante mora, onde esteja sendo desenvolvido algum torneio, ele se mostra um esporte barato, em termos de aquisição de aparatos e complementos. #Entretenimento

A melhor maneira de você conhecer melhor é participar, ainda que como assistente de algum evento em sua cidade ou acessar vídeos que existem na internet, além de criar uma comunidade de pessoas interessadas.