Saiba quanto ganham os pilotos da Fórmula 1!

Lembra do Max Mosley? Em um passado não distante, quando foi presidente da FIA - Federação Internacional de #Automobilismo ele não vociferava contra a entidade como o faz agora, que está longe das luzes da ribalta. Parece que isto acontece com todos os ex-dirigentes em todos os esportes. Enquanto estão no poder, exercem o silêncio sobre o que acham ou não justo e correto. Mas quando saem do centro das atenções, procuram chamá-la de volta de diversas maneiras.

Em cada um destes esportes há estrelas de diversas grandezas. Geralmente quem consegue atingir a fama acaba virando alvo para críticas.

Publicidade
Publicidade

Mas no automobilismo quem ganha a fama, não pode fazer a cama. É preciso trabalhar incessantemente e ter uma capacidade de resistência incomum. Os grandes campeões do automobilismo, além de famosos, também são ricos. Eles figuram no Jet-set internacional e brilham ao lado de lindas mulheres, que causam inveja nos que veem suas fotos estampadas nas manchetes.

É contra este enriquecimento que o antigo presidente agora está contra. Ele considera que os salários pagos a pilotos de Fórmula 1 representam um absurdo, um abuso onde tantos passam fome, mesmo nos países onde os circuitos estão estabelecidos.

Um dos alvos de sua ira, o piloto Lewis Hamilton ganhou 65 milhões de dólares anuais (contrato de 2014). O mesmo ganhou Alonso. Logo em seguida, vem o contrato de Vettel com 52 milhões de dólares, o mesmo valor ganho por Button.

Publicidade

Um pouco atrás vêm Rosberg com pouco mais de 32 milhões de dólares por ano.

Certo ou errado? Que respondam aqueles que tem coragem de expor em todos os lugares onde corre a sua vida como moeda de troca, se alguma coisa der errado. Será que há algum propósito nestas críticas? Será que é alguma vingança contra falta de apoio? O que estará movendo o antigo chefão da FIA?

Enquanto tudo isto acontece, enquanto os cães ladram, a caravana passa. O circo da Fórmula 1 continua a atrair milhares de pessoas. Neste último domingo a festa foi no Canadá. O brasileiro Massa até que fez uma bonita corrida. Se não fosse por problemas em seu carro, durante a fase de classificação, quem sabe ele poderia ter tido mais sorte.