Com a proximidade do Grand Prix e dos Jogos Pan-Americanos, a Seleção Brasileira Feminina de Voleibol disputará quatro amistosos contra o Japão.

Segundo o técnico José Roberto Guimarães, os jogos servirão também como preparação para as importantes competições citadas. As duas primeiras partidas terão entrada franca, e quanto às outras duas, apenas a imprensa terá acesso.

Os primeiros dois amistosos, que fazem parte da comemoração dos 120 anos de amizade entre os dois países, serão no sábado (13), às 19 horas, e no domingo (14), às 11 horas. As duas partidas finais serão realizadas no Rio de Janeiro, um delas em CT em Saquarema e a outra no Maracanãzinho.

Publicidade
Publicidade

Em Taquaral, Campinas, aonde será disputado o primeiro amistoso, em menos de quatro horas os ingressos, que foram trocados por um quilo de alimento e um agasalho, se esgotaram.

José Roberto testará um total de 31 jogadoras, mas ainda não divulgará a lista das convocadas. Segundo o técnico "Tudo tem que ser levado em consideração. Quando você tem uma equipe, com uma base boa, que tem disputado grandes competições, ganho e jogado bem, esse entrosamento é muito mais rápido. Elas se conhecem, e o #Vôlei é um esporte de precisão. A Gabi, por exemplo, chegou cedo à seleção, já tem um tempo com a gente, mas ainda precisa de mais experiência, jogos grandes. A Natália também, principalmente por causa do tempo que ficou afastada. Jogadoras que aturam mais, que têm sido titulares há mais tempo, que precisam jogar mais do que outras. A gente tem que estudar caso a caso, se adequar."

O vitorioso técnico está no comando da Seleção Feminina de Voleibol há 12 anos, mas seu primeiro título de grande expressão internacional foi a medalha de ouro na Olimpíadas de Barcelona em 1992 como técnico da Seleção Masculina de Vôlei, numa equipe que tinha Tande, Geovane, Maurício, Marcelo Negrão, Carlão e Paulão.

Publicidade

José Roberto permaneceu na Seleção Masculina até a Olimpíada de Atlanta em 1996, se dedicando a alguns clubes brasileiros. Zé Roberto também foi o comandante na conquista da primeira medalha de ouro olímpica do voleibol feminino brasileiro. Aos 60 anos, é o único técnico no mundo campeão olímpico com seleções de ambos os sexos: a seleção masculina em Barcelona 1992 e a seleção feminina em Pequim 2008 e Londres 2012.

Em agosto do ano passado, também sob o comando de José Roberto Guimarães, Brasil e Japão fizeram em Tóquio a finalíssima do Grand Prix, que foi conquistado pelas brasileiras pela 10º vez. A Seleção Brasileira derrotou a Japonesa por 3 sets a 0. #Rio2016