Durou pouco mais de 1h a experiência de João Souza, o Feijão, na quadra principal do US Open contra o número 1 do mundo. Em partida sólida, Novak Djokovic confirmou o favoritismo e avançou à segunda rodada depois de marcar um triplo 6/1 no brasileiro. Na próxima fase, o sérvio, cabeça de chave n° 1 do torneio, encara o austríaco Andreas Haider-Maurer, que bateu em cinco sets o canadense Vasek Pospisil.

Em sua entrevista após a partida, Feijão admitiu que levou azar no sorteio da chave. Ao mesmo tempo, fez questão de frisar os pontos positivos da experiência vivida no charmoso Arthur Ashe Stadium - principal palco do último Grand Slam de #Tênis da temporada.

Publicidade
Publicidade

"Claro que eu acabei tendo um pouco de azar no sorteio da chave, mas prefiro pensar que são poucos os tenistas que têm esse privilégio de jogar em uma quadra como essa, ainda mais contra o número 1 do mundo. Não joguei bem como vinha fazendo nos treinos. Entrei bem tranquilo, senti a energia do público, mas não consegui ter agressividade. Djokovic te faz jogar da maneira que ele quer. Levarei essa partida para o resto da minha carreira e espero tirar boas lições", salientou Feijão.

O brasileiro ainda lamentou o fato de não ter conseguido ter muito tempo para treinar na quadra central. A organização do torneio costuma priorizar os treinamentos dos principais jogadores na quadra, tanto no masculino quanto no feminino.

"Não sendo um top ou um cabeça de chave do torneio, eles não te permitem bater nem 15 minutos aqui dentro.

Publicidade

Tive sorte que ontem a Bouchard (Eugenie Bouchard, tenista canadense) acabou cancelando um treinamento dela e aí consegui bater uma meia hora pelo menos. Hoje entrei e tive certa intimidade, tentei aproveitar ao máximo", conta o brasileiro.

O dia nos #EUA também foi de surpresas na chave masculina. O japonês Kei Nishikori, 4° cabeça de chave e atual vice-campeão do US Open, acabou eliminado na primeira rodada. Em um jogo equilibradíssimo definido apenas no quinto set, o francês Benoit Paire levou a melhor e protagonizou a primeira zebra da competição.

 

  #UsOpen