Um #Crime brutal chocou os hondurenhos neste domingo (9). O ex-atacante da seleção de Honduras, Walter López, foi executado nas proximidades de La Mesilla, que faz parte da cidade de Huehuetenango, na Guatemala. Segundo informações divulgadas pelo periódico gualtemalteco "Prensa Libre", López estava acompanhado de sua esposa e filhos e assistia a uma partida do campeonato nacional de futebol no Estádio Comunal, quando foi surpreendido ao deixar o local.

Um grupo que aparentemente estava à paisana no estacionamento do estádio surpreendeu o ex-jogador e o recebeu com vários tiros. López, que tinha 37 anos, veio a falecer instantes depois já a caminho do hospital.

Publicidade
Publicidade

Nenhum outro membro de sua família foi atingido. Deste modo, não houve mais feridos.

Conforme apurou a rádio de Honduras "Diario Diez", as autoridades de segurança pública da Guatemala informaram que a execução ocorreu por volta das 16h30, no horário local. Nesse momento, López se encaminhava normalmente com seus familiares em direção a sua caminhonete Honda, de cor branca. Quatro marcas de disparos foram vistas no carro, que teve vidros traseiros e dianteiros completamente destruídos.

Ainda em vida, o ex-atleta foi levado às pressas para o Centro de Saúde da localidade de La Democracia. No entanto, ele não resistiu aos graves ferimentos e morreu instantes depois.

Walter López fez extensa carreira dentro do #Futebol hondurenho. No país, atuou em diversos clubes como Motagua, Deportes Savio, Marathón, Platense, Olimpia e Real Sociedad.

Publicidade

Pela seleção local, ele compôs o elenco que foi para Sidney, na Austrália, em 2000, na disputa dos Jogos Olímpicos.

Dentro de campo, Honduras não traz boas recordações para o futebol brasileiro. Durante a Copa América de 2001, o Brasil, comandado pelo técnico Luiz Felipe Scolari, foi eliminado pelos hondurenhos na fase de quartas de final em uma derrota por 2x0 que até hoje é considerada como um dos maiores vexames da história da Seleção. Na ocasião, Belletti contra e Martínez fizeram os gols de Honduras.