Era uma geração de ouro. Uma das melhores da história. Os garotos do Santos, em 2010, mostravam ao Brasil um time rápido, que jogava de maneira alegre. Nesse time campeão paulista e da Copa do Brasil, um dos protagonistas era Paulo Henrique Ganso.

Muitos atribuíam qualidade ao grande organizador do meio de campo do time, que tinha como o grande protagonista o atacante Neymar, hoje no Barcelona. Depois de 2010, outras conquistas pelo Santos vieram, e Ganso era considerado uma das maiores promessas do #Futebol brasileiro.

No entanto, algumas lesões, somado a uma diminuição da qualidade do time santista, que vendeu muitos dos seus craques, fizeram o futebol de P.H.

Publicidade
Publicidade

Ganso cair. Além disso, as críticas feitas pela torcida do peixe fizeram com que sua permanência no Santos ficasse insustentável. De grande maestro, Ganso se tornaria um dos jogadores mais cobrados do elenco. Durante o 'Brasileirão' de 2012, o São Paulo anunciou o meio de campo como sua mais nova contratação, uma nova oportunidade para que ele pudesse reerguer seu futebol. 

http://br.blastingnews.com/esporte/2015/08/pato-reclama-da-torcida-e-sai-em-defesa-de-osorio-seria-tragedia-se-ele-saisse-00525095.html

http://br.blastingnews.com/esporte/2015/08/brasil-tritura-treinadores-estrangeiros-e-desde-2005-so-oito-estiveram-na-serie-a-00530653.html

De 2012 até a presente data, Ganso nunca conseguiu se firmar como uma unanimidade entre os torcedores do São Paulo. Apesar de ter havido jogos onde o meio de campo foi importantíssimo no resultado, sua titularidade sempre foi questionada, tendo que amargar a reserva em algumas ocasiões.

Publicidade

É importante levar em consideração o momento e a temporada conturbada que o São Paulo tem vívido, dentro e fora de campo, desde a chegada de Ganso. Um número alto de treinadores também estiveram no tricolor paulista nesses últimos anos, algo que também deve ter prejudicado o desemprenho do jogador.

Hoje, com o treinador Juan Carlos Osorio, Ganso tem uma nova oportunidade. O jogo pela Copa do Brasil contra o Ceará é de grande importância para o elenco tricolor que, mesmo jogando fora de casa, espera superar a vantagem conquistada pelos cearenses no Morumbi, na última quinta feira (19). Sem Luis Fabiano, Centurión e Lucão, é esperado que Ganso seja o grande protagonista, alguém que em dois toques, ou em um lance individual, resolva ou deixe um companheiro na cara do gol. #Resenha Esportiva #Blasting News Brasil