O atleta Cesar Cielo, de 28 anos, esperança do ouro olímpico, precisou deixar o Mundial de Kazan, na Rússia, após uma lesão no ombro. Acompanhado do médico da equipe brasileira, Gustavo Magliocca, o nadador fez um exame de ultrassom, onde foi descoberta uma lesão no tendão do ombro esquerdo.

Por conta do machucado, Cielo terá que ficar fora do Mundial de Esportes Aquáticos de Kazan e ficará pelo menos três sem treinar, fazendo fisioterapia no Brasil.

Cielo ficou em sexto lugar nos 50 m borboleta. Ele voltaria a nadar nessa sexta, 07 de agosto, na prova dos 50 m livre, na qual é recordista mundial.

A decisão de tirar o atleta brasileiro da competição foi do médico da seleção para preservar a saúde do nadador.

Publicidade
Publicidade

Ao chegar no Brasil Cesar ainda fará diversos exames para avaliar a situação de seu ombro. Essa foi a pior temporada do atleta em oito anos.

Questões psicológicas também podem ter afetado o desempenho do nadador. Ele e seu técnico Arilson Silva escolheram participar do Mundial da Rússia ou invés dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá. Cielo chegou a declarar para a imprensa que não se sentia bem antes da competição.

Conquistas

Cesar Augusto Cielo Filho nasceu em Santa Bárbara d’Oeste, em São Paulo. Cielo foi campeão olímpico do 50 metros livre nos Jogos Olímpicos de Pequim no ano de 2008. Além de uma medalha de bronze nos 100 metros livres. O atleta brasileiro também foi campeão mundial dos 100 metros livres de Roma no ano de 2009, e tricampeão mundial dos 50 metros livres. Além de ser recordista em Xangai 2011 e em Barcelona 2013.

Publicidade

Em 2007, no Brasil, Cielo conquistou três medalhas de ouro e uma medalha de prata no Jogos Pan-americanos. 

Em 2009, Cielo foi considerado um dos 100 brasileiros mais influentes pela Revista Época. E foi escolhido como melhor atleta ibero-americanos de 2009 e melhor atleta da década pela Revista Sport Life. O atleta chegou a morar nos Estados Unidos, para treinar e estudar na Universidade de Auburn.

Cielo também é muito querido entre os fãs e realiza comerciais de televisão e anúncios de publicidade por todo país. #Resenha Esportiva #Comportamento #Blasting News Brasil