O campeonato brasileiro chegou ao fim do primeiro turno, como sempre, muito disputado e com algumas grandes surpresas. Com menor poderio econômico, o nordeste é surpreendentemente muito bem representado pelo Sport de Recife. O clube da ilha do retiro faz um excelente campeonato, surpreendendo a todos.

Outra grande surpresa vem de Santa Catarina. A Chapecoense faz um ótimo trabalho, mais um, aliás, de uma equipe que veio da segunda divisão há duas temporadas e conseguiu se firmar com ótimos resultados dentro dos seus domínios.

Quem vive uma situação completamente diferente é o Vasco da Gama. O time carioca veio da segunda divisão e, ao contrário do que diz o seu presidente, a equipe vai sim brigar para não cair.

Publicidade
Publicidade

Com apenas 22,8% de aproveitamento, a equipe tem a pior defesa, não apenas entre os 20 clubes que disputam a primeira divisão, mas a pior defesa entre os 100 clubes que disputam as 4 divisões da competição.

O campeonato termina o primeiro turno com o G4 formado por: Corinthians, Atlético-MG, Grêmio e Fluminense. Na zona de rebaixamento estão: Goias, Coritiba, Joinville e Vasco.

A expectativa para o segundo turno 

O que podemos esperar do segundo turno a exemplo do primeiro são jogos muito disputados e equipes brigando até o final. As equipes que hoje frequentam o G4 devem brigar até o fim pelo título. Com grande regularidade, são merecedores da posição em que se encontram.

O Corinthians surpreendeu a todos. Quando era falado em todos os meios de comunicação que estaria acontecendo um desmanche da equipe, eles demonstraram ser um grupo muito bem armado pelo treinador Tite e que entra na rodada de número 20 como o favorito ao título.

Publicidade

Com um elenco muito forte e unido, o Clube Atlético Mineiro deve lutar até o final pela primeira colocação. O Sport Recife, que vem sendo a grande surpresa da competição, luta para se colocar entre os 4 primeiros, com grande possibilidade de terminar entre os 6, o que já seria um grande feito para a equipe pernambucana.                                                                                  

Quem faz uma campanha decepcionante é o Cruzeiro. O bicampeão brasileiro perdeu suas maiores estrelas na janela de transferências e não conseguiu se encontrar no campeonato. Montando a equipe dentro da competição, o clube deve lutar por uma vaga na Copa Sul-Americana.                                                                                                                                                  

Para o Vasco não resta outra opção, o clube faz um campeonato a parte e sua única luta será contra o rebaixamento, precisando, no mínimo, de um aproveitamento de 50% a partir de agora, o que será muito difícil de conseguir para uma equipe que foi tão mal no primeiro turno da competição.

Publicidade

                                                                                                                           

No Brasil, onde existe um certo preconceito com treinadores novos, o Atlético-PR surpreendeu ao contratar Milton Cruz, que estava na Ferroviária, investimento de melhor custo e que vem dando certo, já que a equipe se coloca entre os 10 primeiros da tabela.

E não poderíamos deixar de falar do Flamengo. O time cresceu muito com a chegada de Guerrero, Ederson e Emerson Sheik e deve figurar entre as 10 primeiras colocações. #Opinião #Futebol