Bastou o Manchester United sinalizar com a possibilidade de tentar a contratação de #Neymar que o Barcelona resolveu agir para manter o craque. Conforme informações do jornal espanhol Marca, o clube já se mobiliza no sentido de renovar o contrato do jogador. Os valores envolvidos no novo vínculo deixariam o craque com o segundo maior salário do elenco, atrás apenas do argentino Lionel Messi.

Atualmente, além do próprio Messi, Neymar tem ganhos inferiores do que jogadores como Luis Suárez, Andrés Iniesta e o também brasileiro Daniel Alves. A movimentação para renovar o contrato do ex-santista é tida pela diretoria do Barça como uma forma de valorizar o crescimento pelo qual o jogador passa desde que chegou no clube.

Publicidade
Publicidade

Além disso, servirá como um aviso para que outros clubes europeus, além do Manchester United, não se aventurem a tentar levar o atleta.

No entanto, as negociações para o acerto de um novo vínculo entre jogador e clube não começaram. Neymar não tem pressa em acertar logo sua renovação, mas já está ciente de que terá tratar deste tema em um curto espaço de tempo. Atualmente, ele recebe aproximadamente R$ 43 milhões anuais.

Com o seu final marcado para a próxima segunda-feira (31), a janela de transferências para o futebol europeu mostra que ainda terá movimentações em seus últimos dias. O periódico inglês The Guardian publicou no último final de semana a informação que o clube dirigido por Louis Van Gaal ainda tentará contar com o futebol de Neymar. Para a diretoria do Barcelona, contudo, o brasileiro é tratado como "intrasferível".

Publicidade

Em campo, Neymar está pronto para voltar a ajudar o Barcelona e os seus companheiros em seus desafios na temporada. Livre de uma caxumba, que o tirou dos primeiros jogos do clube nesse segundo semestre - inclusive na perda do título da Supercopa Espanhola para o Athletic Bilbao -, ele estará em campo no sábado, contra a equipe do Málaga, pela segunda rodada do Campeonato Espanhol. Será a sua primeira partida oficial na temporada 2015/2016.

 

 

  #Futebol Internacional #FC Barcelona