O Campeonato Português tem sido manchado não pelo o que está acontecendo nos gramados, mas porque os torcedores têm feito fora delas. Segundo a imprensa portuguesa, cerca de quarenta torcedores do Sporting, time que quer ser campeão em Portugal, esperaram ontem, dia 22 de agosto, que o juiz da partida saísse do estádio de Alvalade, para o agredir violentamente. Felizmente, Manuel Oliveira, que apitou o jogo entre o Sporting e o Paços de Ferreira, que terminou empatado, não saiu do seu carro e isso pode ter-lhe salvado a vida visto que esses torcedores começaram a atirar pedras, partindo totalmente seu automóvel.

O time do Sporting tem grande expectativas para o Campeonato Português desse ano, mas os seus torcedores não estão aceitando bem as más exibições do time.

Publicidade
Publicidade

Ontem, a equipe perdeu os primeiros pontos da temporada e eles, completamente revoltados, quiseram castigar o juiz da partida, pois para eles, Manuel Oliveira prejudicou a equipe do Sporting ao assinalar um penalti duvidoso.

Caso se confirme que esses quarenta torcedores são os autores desse ataque bárbaro ao juiz da partida, eles podem vir a ser punidos a várias multas e a serem proibidos de entrarem em estádios de futebol durante muitos anos, assegura a imprensa portuguesa, que está chocada com esse episódio que está manchando desde seu início a Liga Portuguesa. Esses casos não são normais em Portugal, mas as grandes expectativas que os torcedores têm para o seu time nessa temporada, pode ter levado a grandes níveis de frustração, pondo em risco a vida do juiz.

Nas redes sociais em Portugal, esse ataque a Manuel Oliveira está provocando muita revolta nos torcedores da Liga Portuguesa, afirmando que esses sportinguistas estão manchando a imagem do seu futebol lá fora.

Publicidade

Para além disso, esses internautas exigem que os quarenta torcedores do Sporting, apanhados a atirar pedras ao juiz, têm que ser exemplarmente punidos pela lei portuguesa. Que consequências haverá para esse episódio de violência no futebol português? As punições estão a ser avaliadas pela Liga Portuguesa e prometem ser pesadas, de acordo com a gravidade da agressão. #Crime #Casos de polícia