Seria cômico, se não fosse trágico. Em Campinas, município do interior de São Paulo, um vereador criou um projeto para instituir o "Dia do Gol da Alemanha" a cada 8 de julho - em uma alusão à goleada histórica dos alemães sobre os brasileiros, por 7x1, na semifinal da Copa do Mundo de 2014. O pedido foi protocolado nesta segunda-feira (3) no retorno das atividades da Câmara Municipal depois do recesso do mês de julho. Jota Silva, do PSB, que também é locutor esportivo da cidade, é o autor da proposta.

Silva, que se encontra no meio do seu terceiro mandado como vereador na cidade, é conhecido justamente por criar projetos de lei um tanto quanto curiosos para os campineiros.

Publicidade
Publicidade

É de autoria dele, por exemplo, a "Semana da Música Sertaneja", o "Dia do Instrutor de Autoescola" e o "Dia do Policial".

Contudo, o político garante que a mais nova iniciativa não é no sentido de satirizar ou provocar ainda mais o grande vexame do Brasil na Copa de 2018. Ele quer que em todo dia 8 de julho se abra um espaço para debate e discussão sobre aquilo que classifica como "a tragédia do mineirão".

"Não tem piada alguma nisso. Guardadas as proporções, todas as maiores tragédias do mundo são sempre lembradas. Por que os brasileiros não podem lembrar dessa que foi a maior tragédia no #Futebol?", salientou Jota, defendendo a seriedade do projeto.

De acordo com o vereador, essa também seria uma boa oportunidade para se discutir o momento do futebol de Campinas. Para ele, tanto Ponte Preta quanto Guarani, os dois representantes da cidade no futebol profissional, "estão no bolo deste falido e caótico futebol brasileiro".

Publicidade

O Bugre, aliás, convive com a constante ameaça de ter que fechar suas portas em decorrência de uma grave crise financeira.

"Não quero que esse seja um dia lembrado por piadas e gozações com relação ao que aconteceu em campo. Mas, sim, um dia para se pensar e se refletir na busca por um futebol sem corrupção, sem rivalidades exageradas entre torcidas organizadas e que enfim a gente possa ter um futebol feito para o povo", finalizou Jota.

 

 

 

  #Entretenimento #Curiosidades