O #Palmeiras não teve uma tarde muito feliz. Sem Zé Roberto, o time virou presa fácil para a marcação são-paulina. Mas, mesmo até o fim, o Alviverde não desistiu e manteve a postura. 

No final do jogo, Rogério Ceni saiu mal e chutou bola rasteira e travada. Robinho recuperou e mandou de cobertura, marcando um golaço no estádio rival. 

O jogo

Sem o veterano Zé Roberto que foi vetado no vestiário, Marcelo Oliveira entrou com Andrei Girotto e Rafael Marques na frente. O primeiro chute palestrino aconteceu somente no meio do primeiro tempo. Os tricolores marcavam muito bem e não deixaram o Verdão evoluir. 

Aos 12 minutos, Fernando Prass saiu do gol e a bola o pegou no contratempo.

Publicidade
Publicidade

Sem ter muito o que fazer, o goleiro palmeirense colocou a mão na bola em lance de extrema dificuldade. O juiz não deu falta e o jogo prosseguiu. 

Michel Bastos, Carlinhos, Pato e Ganso dominavam o jogo e impunham ao Palmeiras que melhorasse a marcação. Mas não teve jeito. Thiago Santos era o melhor em campo, mas ainda assim estava complicado arriscar. O único lance de perigo do time de Marcelo Oliveira foi uma cabeçada de Robinho que resvalou na trave.

No começo do segundo tempo, Gabriel Jesus cometeu um grande erro no ataque e que resultou na abertura do placar por parte dos tricolores. Após ser displicente e não correr para recuperar o lance, o São Paulo trocou passes até a bola chegar em Carlinhos. O jogador acertou um belo chute no canto de Prass, que nada pode fazer: 1 a 0 São Paulo.

Publicidade

Barrios saiu para a entrada de Alecsandro e Lucas deixou o campo para a entrada de Kelvin. A velocidade melhorou, mas ainda assim era pouco. Jesus, Rafa Marques, Robinho e Alecsandro não estavam em uma tarde inspiradora. 

Nos acréscimos, Kelvin quase empatou. Mas a apatia e a desistência pareciam tomar conta do grupo palmeirense, quando Rogério Ceni saiu e chutou a bola de forma esquisita. Lucão apareceu e a bola tomou menos força. Nos pés de Robinho não teve perdão! O meia chutou por cima e marcou um belíssimo chute, aplicando novamente um golaço de cobertura no rival. No Paulistão deste ano, o jogador também marcou um lindo gol por cima de Ceni após reposição de bola. 

O empate não foi bom para o Palmeiras que precisava ganhar para encostar no Grêmio, mas foi primordial para manter o Alviverde no grupo dos quatro melhores colocados. 

Na próxima quarta, Palmeiras e Internacional se enfrentam pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil 2015 no Allianz Parque. 

Mais:

Rede Globo transmite jogo do Corinthians e ignora clássico entre Palmeiras e São Paulo

Acompanhe o que aconteceu de melhor na cobertura ao vivo de São Paulo x Vasco

Árbitra Eva Asderaki tem atuação perfeita na final e gera brincadeiras nas redes sociais #Futebol #Campeonato Brasileiro