O Barcelona FC vai mudar seu maior símbolo, o lendário Camp Nou. Segundo informa o jornal “Sport”, a reconstrução de um dos maiores estádios do mundo do futebol vai começar em maio de 2017, com sua finalização prevista apenas para fevereiro de 2021. O plano dos responsáveis do Barcelona será mudar completamente seu estádio, visto que o Camp Nou demonstra estar dando algum sinal das muitas décadas de sua longa existência. Mesmo correndo o risco de sair já da Liga Espanhola, o Barcelona está demonstrando que um dos maiores clubes do mundo não tem medo de seu futuro incerto.

O presidente da Liga Espanhola garantiu que, caso a Catalunha se torne independente de Espanha, o Barcelona sairá automaticamente da Primeira Liga Espanhola, visto que os regulamentos afirmam que apenas times de Andorra e espanhóis estão liberados para competir no principal campeonato do país.

Publicidade
Publicidade

No próximo domingo se saberá o destino de todos os catalães e do clube principal da região, o Barcelona, que apesar dos riscos, anunciou algo grandioso para o clube.

O jornal “Sport” garante que o histórico estádio Camp Nou vai sofrer muitas modificações nos próximos anos, sendo que o clube vai investir mais de 400 milhões de euros, aumentando também a capacidade do estádio para os 105 mil pessoas, mais 20 mil do que a lotação máxima nesse momento. Esses números irão tornar Camp Nou um dos maiores complexos esportivos da história do esporte mundial, bem ao nível da grandiosidade de seu time, que demonstrou nesses últimos anos ser um dos melhores da história do futebol.

Apesar das boas notícias para a torcida de Barcelona, o risco do clube ficar fora de sua competição interna está atormentando os milhões de seguidores do histórico clube.

Publicidade

Os catalães e políticos sabem dos riscos, mas mesmo assim estão querendo arriscar tudo para conseguir a desejada independência de Espanha, que já é pretendida por seus cidadãos há muitos anos. O que acontecerá a um dos maiores time do mundo, apesar de eles estarem investndo pesado no seu maior símbolo? #Europa #Futebol Internacional #Lionel Messi