Em ritmo de treino, o Internacional atropelou o #Vasco da Gama, nesta quarta-feira (2), pela terceira rodada do segundo turno do Campeonato Brasileiro. Com gols de Ernando, Eduardo Sasha, Lisandro López duas vezes, Valdívia e Nílton, o time do técnico Argel Fucks garantiu os três pontos, apresentou um leve crescimento na tabela e afundou ainda mais o time da Colina, que segue isolado na lanterna do campeonato com apenas 13 pontos.

Antes do jogo, um dos líderes do elenco vascaíno, o zagueiro Rodrigo, de 35 anos, juntou os companheiros em uma roda no meio do gramado em um gesto que indicava que a equipe lutaria por cada centímetro do campo.

Publicidade
Publicidade

Entretanto, bastou Ernando abrir o placar para o Inter logo aos 10 minutos para que o Vasco parasse de demonstrar qualquer tipo de reação. O time acusou o golpe. E foi acusando mais ainda a cada gol sofrido.

Em uma linda triangulação ofensiva, Eduardo Sasha fez 2x0 depois de assistência de Vitinho - que levou terceiro cartão amarelo e desfalca o time contra o São Paulo, sábado, no Morumbi. No segundo tempo, o argentino Lisandro López fez as pazes com as redes e marcou logo duas vezes. Valdívia, em um magnífico chute de três dedos, fez o quarto gol. O quinto ficou a cargo do volante Nilton, que fuzilou o goleiro Jordi após cruzamento milimétrico de William. Foi o primeiro gol do volante com a camisa colorada.

Jorginho, técnico do Vasco da Gama, resumiu a frustração sentida em mais uma derrota no comando do clube.

Publicidade

Com 13 pontos em 22 jogos, o time já vê o Goiás, 16° e primeiro clube fora da zona do rebaixamento, a 12 pontos de distância. Como se não bastasse, o Vasco já não marca gols pelo Brasileirão há oito jogos, na derrota sofrida por 4x1 para o Palmeiras em São Januário.

"O pensamento de se entregar ocorre, mas isso não pode acontecer de jeito algum. É difícil realmente, perder de seis é como se a gente perdesse alguém da nossa família. É uma responsabilidade enorme, é o nome do Vasco, e precisamos reagir. Temos que reconhecer e sentir a dor dos gols que sofremos", salientou Jorginho. #Futebol #Sport Club Internacional