O técnico Vanderlei Luxemburgo já está em solo chinês para dar início ao seu primeiro trabalho à frente de um clube da Ásia. Depois de uma fraca passagem pelo Cruzeiro, deixando o time perto da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o treinador assumirá o comando do Tianjin Songjiang, equipe que disputa a segunda divisão da #China. Ele foi recebido com muita festa no aeroporto.

Luxa acertou contrato por um ano, com uma renovação automática de mais dois caso ele leve o time à elite do #Futebol chinês. No entanto, ele só começa oficialmente a trabalhar a partir de 2016. O presidente do clube, Shu Yu Hui, o esperou no saguão do aeroporto com um cartaz que dizia "Seja bem-vindo à China, prezado Vanderlei Luxemburgo".

Publicidade
Publicidade

A imprensa local também marcou presença em peso na recepção ao treinador.

Como de costume, Vanderlei Luxemburgo não abrirá mão da possibilidade de levar a sua comissão técnica consigo em seu mais novo desafio. Mas, dessa vez, haverá uma novidade. Mauricio Copertino, que passou pela base da Seleção Brasileira, será o seu novo auxiliar técnico. O Tianjin Songjiang tem o projeto que Luxa seja uma espécie de manager no comando do clube.

Ele terá papel determinante no processo de modernização do estádio, do staff e do centro de treinamento do clube. Inicialmente, já circulou uma possibilidade de que o clube possa fazer sua próxima pré-temporada no Brasil, muito possivelmente no Rio de Janeiro.

Em campo, o Songjiang amarga o 11° lugar na segunda divisão chinesa. Como faltam apenas quatro jogos para o fim do campeonato, houve um consenso de que seria mais prudente que o brasileiro assumisse somente após a última rodada.

Publicidade

Luxemburgo terá liberdade absoluta para montar e reformular elenco. Para ocupar a vaga máxima de três estrangeiros, é provável que jogadores do Brasil sejam contratados.

Demitido do Cruzeiro ainda no final de agosto, Luxa não repetiu o sucesso pelo time mineiro que teve em 2003, ano da Tríplice Coroa. Na recente passagem, o técnico fez 19 jogos, com seis vitórias, três empates e dez derrotas.  #Futebol Internacional