O Ministério da Fazenda, representado pela Procuradoria da Fazenda Nacional, bloqueou hoje pela manhã cerca de 188,8 milhões do jogador de futebol #Neymar, de todas as suas empresas e também da sua família. Neymar está sendo acusado de sonegação de impostos. Suspeita-se que o crime tenha ocorrido entre 2011 e 2013.

A Receita Federal afirma que a sonegação ocorreu durante a transferência do jogador do Santos para o Barcelona, time que joga atualmente. O pedido de bloqueio dos bens de Neymar foi aceito em segunda instância, já que em primeira instância havia sido negado. O responsável pelo Tribunal Regional Federal da Terceira Região, Carlos Muta, acabou por acatar o pedido de bloqueio dos bens do atraso.

Publicidade
Publicidade

Os valores foram bloqueados como uma medida para garantir que os impostos devidos sejam quitados por Neymar.

Segundo a Receita Federal, são mais de 63 milhões de reais devidos por parte de Neymar. O jogador também está sendo apontado por realizar omissão dos seus rendimentos vindos do exterior via publicidade. Neymar participa constantemente de anúncios e não tem declarado essas rendas. O jogador também oculta seus rendimentos vindos do Barcelona, por conta do seu vínculo empregatício com o clube.

O valor devido por Neymar, porém, sofreu um reajuste de cerca de 150%, aumentando assim para R$189 milhões. Isso ocorre quando a Receita Federal indicia alguém por tentativa de fraude, na intenção de sonegar o Fisco.

O bloqueio dos bens de Neymar ocorreu por conta do jogador estar devendo uma quantia superior a 30% do total dos bens que possui.

Publicidade

A Receita bloqueou como medida para evitar que a dívda não deixe de ser paga. Após apuração, constatou-se que apenas R$19 milhões estão nome de Neymar Jr. O restante de seus bens encontram-se em nome de seus pais, de algumas empresas do astro e de outros parentes.

Dentre os bens que encontram-se sob custódia estão: casas, carros, investimentos financeiros, aplicações e contas em bancos. Estes bens só podem ser mexidos ao fim do processo. Os advogados de Neymar estão tentando reverter o caso. #Corrupção #Blasting News Brasil