Em ritmo de treino, Roger Federer não teve a menor dificuldade para bater o francês Richard Gasquet e assegurar vaga nas semifinais do US Open - último Grand Slam do ano, disputado nos Estados Unidos. Em menos de 1h30, o suíço aplicou 6/3 6/3 6/1 e garantiu o retorno à semifinal do torneio um ano depois de ter perdido nesta fase para o croata Marin Cilic, que sagrou-se campeão em 2014.

A expectativa que se tinha de que seria um grande jogo acabou frustrada pela superioridade de Roger Federer. Gasquet, 12° tenista do ranking mundial, mostrou-se desconfortável desde o início da partida por conta do amplo repertório de jogadas do número 2 do mundo.

Publicidade
Publicidade

O abatimento do francês era visível, e nem mesmo o seu belo backhand teve efeito na noite desta quarta-feira (9).

Na habitual entrevista concedida ainda em quadra pelo vencedor, Federer comemorou o fato de ter se sentido bem desde o início do jogo. "Acho que fiz um belo jogo, consegui sentir bem a bola desde o início. Meu saque funcionou e posso dizer que me diverti bastante. Dois suíços em uma semi de Aberto dos #EUA é algo bacana", comentou Federer.

No duelo de semifinal contra Wawrinka, Federer tem o retrospecto favorável como trunfo para uma nova vitória. Em 19 confrontos, ele superou o compatriota em 16 oportunidades. Por outro lado, Stan, cabeça 5 do US Open, tem a favor o fato de ter vencido o último duelo, nas quartas de final de Roland Garros. Também nesta quarta, Stan Wawrinka garantiu lugar na semi depois de bater o sul-africano Kevin Anderson, ao marcar 6/4 6/4 6/0.

Publicidade

Na parte de cima da chave, o sérvio número 1 do mundo Novak Djokovic medirá forças com o atual campeão do torneio, o croata Marin Cilic, pelo outro lugar na grande final de 2015. Na terça-feira, Djokovic venceu em quatro sets o esforçado espanhol Feliciano Lopez. Cilic teve ainda mais dificuldades, já que precisou de cinco sets para superar o francês Jo-Wilfried Tsonga. As duas semifinais ocorrem na próxima sexta-feira. A grande final está marcada para domingo. #Tênis #UsOpen