Pela terceira vez seguida, o técnico Oswaldo Oliveira viu o #Flamengo sair derrotado de uma partida do Campeonato Brasileiro. E o clima, que chegou a ser de euforia antes da derrota para o Coritiba, agora é de frustração, embora o treinador ainda acredite que o Flamengo possa alcançar uma vaga no G4.

Em entrevista coletiva após mais um revés diante do rival #Vasco, no Maracanã, o treinador lamentou o resultado da partida que, segundo ele, era dominada por sua equipe. O treinador também analisou a fraca atuação do atacante peruano Paolo Guerrero e disse que a lesão que afastou o jogador da equipe deve ter contribuído para sua queda de rendimento.

Publicidade
Publicidade

O comandante rubro-negro também admitiu conhecer pouco sobre o camisa 9.

Globo transmite

Os gols de Rodrigo e Nenê (Sheik descontou) garantem o quarto triunfo cruz-maltino no ano diante do arquirrival, que agora soma três derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro. Em mais um encontro entre flamenguistas e vascaínos no ano, melhor para o Gigante da Colina. De virada, o Vasco venceu o Flamengo por 2 a 1, neste domingo, no Maracanã, e segue firme na luta para escapar do rebaixamento do Brasileirão.

O resultado garante uma sequência de cinco jogos do Vasco sem derrotas no torneio. De quebra, o time de São Januário chegou à quarta vitória sobre o arquirrival nos oito jogos disputados em 2015. O Fla, por sua vez, amarga sua terceira derrota consecutiva na competição.

Flu vence Goias

O grande mérito do Vasco foi aproveitar a habitual e equivocada estratégia de se fechar, após abrir vantagem, para marcar duas vezes, derrotar o seu maior "freguês" de 2015 por 2 a 1, e prosseguir na sua luta incansável contra o rebaixamento.

Publicidade

O ônibus do Flamengo "parou numa passarela da Barra da Tijuca", e o time - que é um retrato da diretoria do clube - parou pela sexta vez no Vasco, no oitavo jogo entre ambos, e ao contrário dos cruz-maltinos, na tabela do Brasileiro.

FLAMENGO 1 X 2 VASCO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ). Data/Hora: 27/9/2015, às 16h. Árbitro: Leandro Vuaden (RS). Auxiliares: José Javel Silveira e Rafael da Silva Alves. Cartões amarelos: Márcio Araújo, Emerson, Guerrero, Jorge, Paulo Victor (FLA); Luan, Julio dos Santos, Nenê, Madson, Lucas, Júlio Cesar (VAS). Renda/Público: R$ 1.986.400/ 40.240 pagantes. Gols: Emerson Sheik, 11'/1ºT (1-0); Rodrigo, 12'/2ºT (1-1); Nenê, 16'/2ºT (1-2).

FLAMENGO: Paulo Victor; Pará (Ayrton, intervalo), Cesar Martins, Samir e Jorge; Marcio Araujo, Canteros (Marcelo Cirino, 221/2ºT) e Alan Patrick; Paulinho (Ederson, 221/2ºT), Emerson Sheik e Guerrero - Técnico: Oswaldo de Oliveira.

VASCO: Martin Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Júlio Cesar; Bruni Gallo, Julio dos Santos (Guiñazu, 46'/2ºT), Andrezinho e Nenê (Lucas, 37'/2ºT); Jorge Henrique (Rafael Vaz, 50'/2ºT) e Leandrão - Técnico: Jorginho. #Blasting News Brasil