Deco, um ex-jogador luso-brasileiro, decidiu elogiar de uma forma um pouco estranha seu antigo companheiro na seleção portuguesa, #Cristiano Ronaldo. Em declarações à imprensa esportiva brasileira, Deco, considerado um dos melhores jogadores portugueses, considerou que Ronaldo é “verdadeiramente doente”, nunca desistindo da ideia de ser o melhor. O antigo jogador revela que o atacante do Real Madrid por vezes nem descansa e trabalha que nem um “doente” nos treinamentos. “Até jogando tênis, de brincadeira, quer ser o melhor”, confessou o craque que agora vive no Brasil.

Durante muitos anos, Deco conviveu com Cristiano Ronaldo na seleção portuguesa, conhecendo assim um pouco de todo o percurso do craque até se tornar o melhor jogador do planeta.

Publicidade
Publicidade

Em um programa esportivo brasileiro, Deco afirmou que a grande diferença dele para Messi é que Ronaldo tem que trabalhar o dobro para ser como Messi, pois infelizmente ele não nasceu com todo o talento para o futebol que tem a “pulga”.

Porém, Cristiano Ronaldo conseguiu ao longo dos anos substituir essa falta de talento natural, por uma ética “doentia” de trabalho, que levou o atacante a ganhar vários quilos de massa muscular em poucos anos, sobretudo quando esteve no Manchester United. Deco recordou um pouco desses momento ao lado de Ronaldo, confessando que nunca trabalhou com um jogador que pegasse tão pesado nos treinamentos. “Ele é uma verdadeira máquina. Nunca está contente, é doentio por vezes quando está trabalhando e treinando”, confessou Deco, para o espanto dos jornalistas brasileiro presentes.

Na verdade, todo esse comportamento “doentio” parece ter resultado para Cristiano Ronaldo, que conseguiu subir muito rapidamente em sua carreira devido ao seu profissionalismo e dedicação, sacrificando seu corpo a níveis quase nunca antes vistos, bem ao nível dos lutadores de MMA ou UFC.

Publicidade

Quanto a Messi, Deco confessa que ele também se cuida, mas que não precisa de ser tão exigente como o português, pois ele é um autêntico “sobredotado” nos gramados. Ainda assim, Deco não quis dizer quem é o melhor jogador para ele, mostrando assim um grande respeito pelos dois e por suas amizades. #Futebol Internacional