A policia da cidade de Toronto, no Canadá, divulgou um anúncio, ontem, dia 29, que os jogadores Lucas Piazon, ex-jogador do time do São Paulo e Andrey Ventura, goleiro do time do Botafogo, estão na lista de procurados pela Polícia daquele país. Eles estão sendo acusados de cometer #Crime de abuso sexual.

Lucas Piazon, atacante, atualmente joga no time do Reading, na Inglaterra. Já Andrey, permanece jogando como reserva do time do Botafogo, na cidade de Ribeirão Preto. Atualmente, seu time segue em campanha, jogando na Fase D pelo Campeonato Brasileiro.

Os dois atletas são também jogadores da seleção brasileira. Eles disputaram partidas defendo a camisa da nossa seleção, nos últimos jogos Pan-Americanos, que foram realizados no último mês de Julho deste ano, na cidade de Toronto.

Publicidade
Publicidade

Na ocasião, a seleção ficou em terceiro lugar e levou o bronze pra casa.

De acordo com os relatos da polícia, baseados na queixa prestada pela vítima, no dia 25 de julho, um sábado, os dois jogadores, que estavam em uma boate na cidade de Toronto, conheceram duas mulheres. As duas não tiveram tiveram a identidade revelada. Uma delas, a suposta vítima com idade de 21 anos, estava acompanhada de uma amiga, cuja idade também não foi descrita. A mais jovem relata que os dois jogadores acompanharam as duas até a casa de um terceira pessoa. Após o grupo chegar ao interior da casa, os dois atletas teriam tentando abusar sexualmente da mesma.

Cabe aqui esclarecer que, no Canadá, a definição do que pode ser considerado como crime sexual é diferente da legislação brasileira. Lá, abuso sexual pode abranger desde o ato sexual contra a vontade de uma das partes, quanto um beijo dado de forma forçada. 

 A denúncia, levada a cabo pelas autoridades canadenses, aconteceu no dia posterior ao pedido feito pela polícia daquele país, solicitar a prisão de Thye Bezerra Matos.

Publicidade

O mesmo é goleiro da #Seleção Brasileira de polo aquático e foi acusado também de abusar sexualmente de uma moça de 22 anos daquele país. O fato aconteceu no dia 16 de julho, quando o jogador estava no país, também representando o Brasil, nos jogos Pan-Americanos.  #Casos de polícia