O jogador Lucas Pratto criticou a falta de oportunidade no futebol da Argentina e disse que por lá o que está ocorrendo é uma "mesmice" nas convocações feitas por Tata Martino. Para o torcedor brasileiro a notícia caiu como uma bomba, agradando a uns e despertando suspeitas em outros. A #Seleção Brasileira atravessa uma fase ruim e precisa de um artilheiro, mas ter no ataque um jogador argentino seria algo inimaginável!

Pratto não vai mesmo ter chance na seleção argentina e aqui no Brasil seu futebol vem se destacando. O jogador está no #Atlético Mineiro onde tem feito uma bonita atuação.

"Sempre chamam os mesmos jogadores!" - reclamou o atacante sobre as convocações feitas para a seleção daquele país.

Publicidade
Publicidade

Enquanto isto, a Argentina vem sofrendo para conseguir bons resultados nas eliminatórias para a Copa do Mundo, sendo que no primeiro jogo teve derrota em casa para a seleção do Equador, por 2 a 0, e no segundo jogo apenas empatou com o Paraguai em 0 a 0.

O atacante do Atlético Mineiro quer defender a Seleção Brasileira de Futebol

Pratto já se tornou um ídolo para a torcida alvinegra e em 47 jogos pelo Galo já fez 22 gols. Totalmente adaptado ao futebol brasileiro, e bem à vontade ao atuar pelo time mineiro, o argentino garantiu que, já que não há oportunidades para ele na Argentina, se o Brasil quiser poderá defender a seleção canarinho.

Com a "sugestão" de que aceitaria jogar pela Seleção Brasileira, o jogador dividiu opiniões, não só dos torcedores como também dentro da própria seleção, onde não há um consenso sobre a possibilidade de convocar ou não um argentino para jogar pelo Brasil.

Publicidade

Será que Dunga vai convocar Lucas Pratto para fazer ao menos um teste? Potencial o jogador tem. Resta saber ainda qual seria a reação da torcida brasileira, já que muitos não aprovam ter na seleção brasileira um jogador de nacionalidade argentina, como é o caso do Pratto.

Você acha certo um jogador argentino defendendo a Seleção Brasileira? Ou a preferência deveria ser por jogadores do nosso país? #Blasting News Brasil